Pergentino Holanda

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h32
A POSSE DA NOVA diretoria do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público movimentou o mundo jurídico na última sexta-feira. Em concorrida solenidade realizada no Hotel Luzeiros, a ouvidora do Ministério Público do Maranhão, a procuradora de justiça Rita de Cassia Maia Baptista, assumiu a presidência do CNOMP. Na foto, com o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Reynaldo Soares da Fonseca e esposa Luziana
A POSSE DA NOVA diretoria do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público movimentou o mundo jurídico na última sexta-feira. Em concorrida solenidade realizada no Hotel Luzeiros, a ouvidora do Ministério Público do Maranhão, a procuradora de justiça Rita de Cassia Maia Baptista, assumiu a presidência do CNOMP. Na foto, com o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Reynaldo Soares da Fonseca e esposa Luziana
TRÊS GERAÇÕES reunidas em momento festivo: Dona Helena Machado Moraes Correia (95 anos) na moldura da filha Thaís e da neta Marina
TRÊS GERAÇÕES reunidas em momento festivo: Dona Helena Machado Moraes Correia (95 anos) na moldura da filha Thaís e da neta Marina

Posse de juízes
Novos juízes foram empossados ontem nas turmas sucursais de Imperatriz e Balsas.
Mazurkiévicz Saraiva de Souza e José Jorge Figueiredo dos Anjos Júnior tomaram posse como membros das turmas recursais com sede em Balsas e Imperatriz, respectivamente.
Os magistrados foram empossados pelo corregedor-geral da Justiça e presidente do Conselho dos Juizados Especiais, desembargador Marcelo Carvalho Silva, com a presença do coordenador dos Juizados Especiais, juiz Marcelo Libério, e do desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos.
A Turma de Imperatriz conta hoje com 2778 processos pendentes de julgamento.

Festa em Barreirinhas
Barreirinhas tem programação especial para o feriado da Semana Santa.
A Alegria Produções promoverá a primeira edição do Festival do Amanhecer, nos dias 30 e 31 de março, com Márcia Fellipe, Forró Sacode, Limão com Mel, Bruno Shinoda e o DJ Flávio Durans.
O festival, tudo indica, deverá entrar para o calendário dos grandes acontecimentos da porta de entrada
dos Lençóis Maranhenses.

Em marcha à ré
O Conselho Nacional de Trânsito gosta de voltar atrás. Revogou no sábado a resolução publicada no começo da semana passada, que tornava obrigatória a realização do curso e prova teórica para renovação da Carteira de Habilitação.
É manobra que entrou na sua rotina. Em 1999, exigiu kit de primeiros socorros; em 2014, obrigou escolas de motoristas a comprarem simuladores de direção; em 2015, veio ordem para instalação de extintor de incêndio especial nos veículos; em 2016, foi a vez da cadeirinha em vans escolares.
Feitas as despesas, tudo foi cancelado.

Em marcha à ré 2
O Detran-MA caiu em campo, ontem, para esclarecer a esta coluna que os Detrans estaduais nada têm a ver com a decisão do Contran sobre a obrigatoriedade de realização de curso de aperfeiçoamento e prova teórica para renovação da Carteira Nacional de Habilitação.
E enviou nota do Denatran avisando que a norma que mudaria as regras seria revogada. O que de fato deve acontecer hoje.
Segundo o Ministério das Cidades, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira.
Então, tá!

Produção maranhense
O presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves, foi enfático ao defender o empresário durante seu pronunciamento na abertura do Seminário Mais Desenvolvimento: Mercado Interno, que reuniu a classe empresarial e empreendedora maranhense na manhã de ontem.
Baldez ressaltou que os empresários fazem investimentos, criam emprego e renda, diversificam seus produtos, dando enfoque às cadeias produtivas com o objetivo de superar as demandas do mercado.
Como representante do setor industrial, ressaltou a importância de eventos como o Seminário, que reúne mais de 100 empresas maranhenses apresentando produtos e fazendo negócios, mostrando o potencial do Maranhão para mudar a realidade de que o Estado importa quase
tudo do que consome.

Jovens que fazem sucesso
Um projeto de três estudantes maranhenses sobre biocombustível foi premiado para participar da Genius Olympiad, em New York, nos Estados Unidos. O evento deverá acontecer no mês de junho deste ano. Os felizardos foram Ítalo da Costa, Jadson Andrade e João Vitor, que terminaram o ensino médio ano passado em uma escola pública do município de Imperatriz. O projeto sobre o biocombustível apresentado pelo trio foi escolhido entre mais de 100 inscritos.

TRIVIAL VARIADO

O Comitê Central do Partido Comunista Cubano começa, discretamente, o mapeamento de possíveis substitutos de Raúl Castro para comandar o país. A maior dificuldade é encontrar um orador com o perfil de Fidel, que era capaz de entreter as massas com discursos de cinco horas.

Tem mais: o economista sueco Staffan Lider, escreveu em 1970 um livro sobre a ilha. Explicou: “As longas falas do Comandante só eram possíveis porque não havia nenhuma alternativa em Cuba. Ninguém tinha mais o que fazer. Entre não fazer nada e ouvir
Fidel, ouviam Fidel. Tenho dúvida se, de barriga vazia, gostavam do que ouviam.”
Motivo de preocupação: começou a temporada das direções de partidos buscarem escritórios de advocacia especializados em direito digital para reagir a ações de difamação pelas redes sociais. Será um dos problemas da campanha eleitoral.

Muitos candidatos de primeira viagem não perceberam: a campanha eleitoral será mais curta, com 45 dias, e está proibida a doação de pessoas jurídicas.

A tragédia no trânsito segue sem freios. A cada ano, 45 mil mortos e 400 com sequelas.

Nos Estados Unidos, a política do governo é manter a taxa de juros em patamares baixos.
Se possível, negativa. Ao mesmo tempo, corta impostos para que a população gaste, compre, faça subir a renda e o emprego. Aqui, o caminho é inverso.

Leitores enviam sugestões para candidatos que formarão dobradinhas às Assembleias Legislativas e Câmara dos Deputados: Faceiro e Fascinante; Galã e Granfino; Industrial e Fazendeiro; Peito de Aço e Boca de Ouro, etc...

Quem está circulando na cidade, mais charmosa do que nunca, é Graça Soares Amorim.

DE RELANCE

Roseana está de volta
Quem circulou ontem aqui pela redação de O Estado, distribuindo alegria e simpatia, como sempre, foi a ex-governadora Roseana Sarney, ainda cansada da grande maratona que fez pelo interior do estado revendo suas bases políticas e recebendo o aplauso da gente maranhense que nunca deixa de admirá-la e festejá-la. Roseana passou por minha terra, Presidente Dutra, e recebeu dos meus conterrâneos as maiores manifestações de carinho em grande recepção orquestrada pelo vereador André Jardim.

Santoro nos cinemas
A ditadura afastou o compositor Claudio Santoro dos ouvidos do público brasileiro, sensorial e fisicamente... O músico ficou exilado na Alemanha, de 1968 a 1977, depois de ser demitido da Universidade Nacional de Brasília por um interventor do regime militar, que ocupou a reitoria... Foram demitidos 15 professores considerados comunistas... Nem Santoro, que tem Santo no sobrenome, se livrou daquela “Inquisição”.

Santoro nos cinemas 2
No assunto: isso é contado no documentário “Santoro – O homem e sua música”, dirigido pelo inglês Johnny Howard Szerman, em cartaz nos cinemas. O amazonense Claudio Santoro atuou no Teatro Arthur Azevedo, trazido por seu amigo Fernando Bicudo. Ele é um dos maiores nomes da música erudita contemporânea no mundo, onde é mais reconhecido e admirado do que em seu próprio país. Segundo o cineasta Howard, ele é “o mais versátil entre todos os eruditos brasileiros, na busca de técnicas, e um dos três mais importantes do país, ao lado de Carlos Gomes e Villa-Lobos”.

Velhos vícios não mudam
Uma coisa é certa: não adianta a ginástica da troca de nomes dos partidos. Enquanto se mantiver a oligarquia das instâncias decisórias, ficará tudo na mesma. Na briga pelo poder interno, ao qual poucos têm acesso, formam-se estruturas empedernidas que buscam vantagens e sabe-se para quem.

Saindo de cena
Com o acúmulo de escândalos que envergonham o País, os candidatos não poderão mais usar o truque de coelhos saindo de cartolas. É um espetáculo pífio, que cansou. Os eleitores não aceitarão mais ser despojados da dignidade. No final, acabamos todos nós pagando pelo fiasco da mágica.

Tecnologias digitais
A Universidade Federal do Maranhão promoverá, entre os dias 25 e 27 de julho, no Centro de Ciências Humanas, o III Simpósio Nacional de Tecnologias Digitais na Educação. O tema a ser abordado será “Tecnologias Móveis: Aplicativos e Possibilidades Pedagógicas”. Na palestra de abertura, falará o professor Luís Leopoldo Mercado, da Universidade Federal de Alagoas. Ele discorrerá sobre “Tecnologias Móveis na Educação”. Outra palestra será sobre o tema “STEM: Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática como Base para a Prática docente atual”, com a professora Luana Wunsch, do Centro Universitário Internacional.

Temer sem outra saída
É voz geral entre os políticos experientes. Se quiser continuar vivo na política, Michel Temer não terá outra saída: precisará concorrer à reeleição. Com exceção de Henrique Meirelles, os demais candidatos à Presidência da República vão atacá-lo. A campanha será a única chance para se defender. Ficando fora da corrida, será atropelado.

Putin em série
Vladimir Putin, no poder desde 1999, reelegeu-se domingo, o que lhe garante a presidência da Rússia por mais seis anos. Sem perder tempo, seus apoiadores começaram ontem a articular mudança na Constituição, para que possa se candidatar novamente em 2024. Se isso acontecer, chegará em 2030 somando 31 anos no comando.

Para escrever na pedra:
“Em Brasília, o mais bobo consegue consertar relógio usando luvas de boxe.” A frase de Ulysses Guimarães, falecido em 1992, é cada vez mais verdadeira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.