Esporte | Sampaio

Reforços urgente: Francisco Diá pede de oito a 10 reforços

Apesar do retorno Andrey, técnico pede a contratação imediata de 8 a 10 jogadores, porque o departamento médico do clube está cheio
14/03/2018
Reforços urgente: Francisco Diá pede de oito a 10 reforços Francisco Diá voltou a lamentar a maratona de jogos do Sampaio (Divulgação/Sampaio Corrêa)

SÃO PAULO - Com elenco pequeno e com jogadores importantes no departamento médico do clube, o treinador do Sampaio Corrêa, Francisco Diá, fala na contratação de mais reforços. O técnico do Tricolor falou na possibilidade de contratar de 8 a 10 jogadores antes do fim da Copa do Nordeste. E contra a Ponte Preta, amanhã, às 19h15, no Estádio Castelão, pelo jogo de volta da Copa do Brasil, o time pode ter novidade. Ontem, no fim do dia, a diretoria do Tricolor iniciou esse processo de qualificação do grupo com a apresentação do meia João Paulo, que disputou o Paulistão pela Ferroviária.

Para Francisco Diá o Sampaio Corrêa precisa de reforços. “Nós temos de três a quatro jogadores no departamento médico. Marlon saiu sentiu uma lesão no músculo da coxa e dificilmente enfrenta a Ponte Preta, Reginaldo Júnior sendo o joelho e Maracás também reclamou de dores. Essa maratona de jogos nos prejudicou principalmente no Campeonato Estadual, que não tinha datas, mas, agora, tem datas. Vejo outros campeonatos ao contrário do Maranhense, não é carta de seguro porque perdemos, mas tiveram duas fases ida e volta. O Sampaio fez sete partidas, e jogando duas em menos de 48h. A culpa não sei de quem foi que fez esse regulamento. Tive uma reunião com o presidente (Sérgio Frota) e Josimar (Maranhãozinho) que nos deu carta branca para contratar”, recordou.

O treinador admitiu que o time sofreu com o cansaço contra o Ceará, pela quarta rodada da fase classificatória da Copa do Nordeste, onde o time tomou a virada por 2 x 1, mas acredita em classificação. “Infelizmente, a logística de viagem da Copa do Nordeste é ruim, porque temos voos de madrugada, onde os jogadores não dormem. Jogamos o primeiro tempo de igual para igual no primeiro tempo, mas cansou no segundo. Talvez mudei errado. Agora não resta lamentar. O time cansou contra o Ceará, mas tenho certeza vamos em busca da nossa classificação, com 10 pontos a gente se clássica, teremos dois jogos para somar 3 pontos, selamos a nossa classificação. Porém, agora, vamos nos dedicar a Ponte Preta. Espero que nossa torcida compareça, porque quando ela vai ajuda e nos incentiva. Vamos trazer essa alegria para nossa torcida”, explicou

Francisco Diá disse que precisa com urgência de reforços para o restante da Copa do Nordeste e até para a Copa do Brasil. “Preciso de oito ou 10 jogadores de imediato. Até a fim dessa primeira fase esses jogadores vão chegar para reforçar a nossa equipe. Nós precisamos repor peças. O problema é que encontrar jogar de qualidade. E vamos entrar no Campeonato Brasileiro para surpreender, como fizemos no ano passado”, disse.

Como saldo da batalha na Arena Castelão, Maracás e Reginaldo Júnior foram entregues ao departamento médico para avaliações mais detalhadas, enquanto Marlon realizou exame na coxa, que detectou uma lesão grau 1 e deve ficar afastado no mínimo por 12 dias. O jogador ficará em tratamento intensivo nos próximos dias.

Por outro lado, o Sampaio pode ter a volta do goleiro Andrey, que demonstrou uma recuperação surpreendente na mão direita e já treina normalmente. A comissão técnica está otimista quanto ao seu aproveitamento já neste jogo decisivo contra a Ponte Preta.

“Estou em boas condições físicas. Não parei de treinar, e me movimentei constantemente na academia. Resta só aguardar as avaliações do departamento médico, nos próximos dias, para determinarem se já volto na quinta-feira”, frisou o goleiro boliviano.

Sampaio e Ponte Preta se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h15, no Estádio Castelão. Os ingressos já estão à venda, e sócio torcedor Tricolor tem acesso garantido para acompanhar o jogo.

Mais – Novidade

A diretoria do Sampaio Corrêa trabalha a todo vapor para reforçar o elenco visando o restante da temporada de 2018. O primeiro jogador contratado neste novo processo é o meia João Paulo, que já compareceu na tarde de ontem ao CT José Carlos Macieira. João Paulo disputou o último Campeonato Paulista pela Ferroviária, além de acumular passagens pelo Bahia, CRB, CSA e Fortaleza. Em plena forma, já que vinha atuando normalmente, o jogador aguarda apenas sua regularização para estrear com a camisa Tricolor.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte