Carnaval de Olinda

Polo Chico Science recebe show da Nação Zumbi no encerramento

Após Terça-Feira Gorda marcada por festas nos polos do circuito oficial, os foliões terão hoje shows também de Ganga Barreto e Mundo Livre

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33
Festejos em Olinda começaram às 16h, nos polos Cariri, Marcos Axé e Preto Velho
Festejos em Olinda começaram às 16h, nos polos Cariri, Marcos Axé e Preto Velho (CARNAVAL EM OLINDA )

RECIFE - A terça-feira de carnaval (13) foi de festa completa em Olinda, com atrações nos dez palcos montados em diferentes espaços da cidade. Os festejos começaram às 16h, nos polos Cariri, Marcos Axé e Preto Velho. Ainda houve na cidade sete horas de programação infantil. Hoje (Quarta-Feira de Cinzas), o encerramento dos festejos de carnaval ocorre no Polo Chico Science, em Rio Doce, com destaque para apresentação da Nação Zumbi, às 21h. Também se apresentam Pácua & Via Sat, às 17h; Lamento Negro, às 18h; Ganga Barreto, às 19h, e Mundo Livre, às 20h.

Terça-Feira Gorda também foi de o grande dia da apoteose do frevo no centro do Recife. O destaque do encerramento oficial foi o desfile do ‘orquestrão’, um grupo com dezenas de músicos que faz um arrastão de alegria pelas ruas da região central da capital pernambucana.

A apresentação do ‘Orquestrão’ encerrou a folia oficialmente no palco do Marco Zero do Recife. Antes, se apresentaram Maestro Forró, Elba Ramalho, Alceu Valença e Almir Rouche. Na Praça do Arsenal, a noite de encerramento da festa foi comandada por mais frevo. O destaque foi o baiano Moraes Moreira, que fará participação especial no show de Spok, por volta das 1h de quarta-feira (14).

Ludmilla subiu no trio elétrico e comentou com surpresa o “mar de gente” que a acompanhava. Segundo a organização, mais de 600.000 pessoas ocupam a rua.

No meio da apresentação, a cantora deu bronca em foliões que começavam um tumulto. “Mete o pé”, começou, impaciente. “Tá atrapalhando nosso pagode aqui.”

Na Bahia

Esse Carnaval foi especial para o gari Carlos Correia, de 38 anos. Ele realizou seu sonho de conhecer o cantor Xanddy, vocalista da Banda Harmonia do Samba, e cantar ao lado de seu ídolo em plena folia baiana.

“Para tudo! Pedi pra parar porque estou em frente a um cara que me emocionou ao compor uma música para mim. Ao invés de cantá-la, vou pedir para você vir cantar aqui comigo. Peço que a galera traga ele aqui no trio”, disse Xanddy.

“Rapaz, peraí. Deixa eu cantar essa música agora. Que música é essa? Que voz é essa? Olhe, estou assumindo o compromisso, diante de todos os presentes, que vamos gravar essa música juntos. Vamos marcar um dia pra você ir lá em casa gravar, porque o estúdio é lá”, finalizou Xanddy.

A cena emocionou todos os foliões que acompanhavam o trio do Harmonia do Samba na avenida.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.