Combate

Procuradora da Mulher repercute campanha contra o assédio no Carnaval

parlamentar explicou que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário se uniram contra o crime de assédio sexual que, segundo ela, se potencializa no carnaval

Agência Assembleia

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33

A procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa, deputada Valéria Macedo (PDT), repercutiu a campanha contra o assédio sexual às mulheres no Carnaval, com o tema “Faça bonito na folia. Quando uma não quer, o outro respeita”.

A parlamentar explicou que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário se uniram contra o crime de assédio sexual que, segundo ela, se potencializa no carnaval.

“A convite da Secretaria de Estado da Mulher nos unimos neste grande lançamento: Semu, Procuradoria da Mulher na AL, Câmara Técnica, Varas da Mulher no TJMA, Delegacias da Mulher, Patrulha Maria da Penha, Conselho Estadual e Movimentos Feministas. Todos estes órgãos falando a mesma língua e exigindo um carnaval alegre com respeito entre homens e mulheres”, destacou Valéria Macedo.

Em discurso, a deputada disse que o conceito da campanha é simples e fácil de entender. “A Procuradoria da Mulher teve a iniciativa, idealizou e criou o conceito. A Comunicação da Casa, através do presidente Othelino e do diretor Edwin Jinkings, deu forma e viabilizou nosso pensamento. Nossas peças foram pulverizadas nas mídias digitais, outdoors, TV e rádio, anúncios nos principais jornais impressos e nas ventarolas que, além de úteis no calor da folia, levam informações sobre o que, de fato, é o assédio”, acentuou Valéria Macedo.

Segundo a parlamentar, o objetivo principal da campanha é coibir comportamentos inadequados, estupros, violências físicas e verbais, doenças sexualmente transmissíveis e gravidezes precoces. “Muitos dos casos de assédio são consequências de uma cultura em que os homens não escutam as mulheres. Estamos jogando luz sobre esse problema, através da Procuradoria da Mulher na Assembleia Legislativa”, concluiu Valéria Macedo.

Denúncias

Para denunciar casos de assédio durante o carnaval, ligue:

Central de Atendimento à Mulher -180

Polícia Militar - 190

Direitos Humanos - 100

Ouvidoria da Mulher no Maranhão

0800 09 84 241 / 98 3235-34415

98 9 8427-1002 / 98 9 8427-3681

Secretaria de Estado da Segurança Pública

98 3223 5800 (São Luís)

0300 31 35 800 (Interior)

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.