Alternativo | Paredão

Marcos e Ilmar disputam a preferência do público no BBB

Os emparedados são Ilmar e Marcos, que hoje receberão votos do público, durante o enfrentamento de seu décimo desafio de permanecer na casa
03/04/2017 às 16h00
Marcos e Ilmar disputam a preferência do público no BBBParticipantes vivem a tensão do Paredão

A terça-feira será de Paredão no Big Brother Brasil (BBB17). Os emparedados são os jogadores Ilmar e Marcos, que enfrentarão o décimo desafio. Ilmar foi para a berlinda após a indicação da líder Emilly, enquanto Marcos recebeu o maior número de votos da casa no último domingo, três no total (Ieda, Marinalva e Vivian). Diferentemente da semana passada, que teve voto aberto, o reality retomou os votos no confessionário, deixando pública apenas a indicação do líder.

Quem abriu a votação foi Emilly e já colocou Ilmar no paredão com a seguinte justificativa: “Nesses dias, Tiago, você me disse que ainda tínhamos mil chances de mostrar o que somos. Daí uma pessoa que disse que me amava, companheiro, se mostro essa semana uma pessoa traiçoeira, gananciosa, fofoqueira, mentirosa e revelou um jogo muito sujo, muito baixo em relação a mim e ao trio. Por isso voto no Ilmar”.

Após o fim da votação da casa, o apresentador Tiago Leifert abriu espaço para os brothers defenderem a permanência na casa. “Eu só posso me ofender com aquilo que eu sou. Ouvindo um despautério de uma pessoa como a Emilly, alguém que quando todo mundo estava jogando pedra eu ajudei, eu não me ofendo. Mas eu quero pedir que o Brasil me julgue por todos os desafios que eu passei aqui, inclusive ter parado de fumar dentro do confinamento. Que analisem o conjunto”, disse Marcos.

Marcos pareceu atônito com o anúncio de que estava no paredão e perdeu as palavras por alguns segundos. Na sequência, o médico disse: “Eu só queria dizer que fico triste e chocado com o que aconteceu. Há uma semana éramos um trio. A discórdia nos destruiu”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte