O Mundo | Provocação

Merkel exige que Erdogan pare com comparações ao nazismo

Chefe de governo alemã diz que alegações feitas por presidente turco "têm que ter um fim". Berlim não vai admitir falta de consideração em relação ao sofrimento das vítimas do nazismo, afirma
21/03/2017

BERLIM - A chanceler federal alemã, Angela Merkel, exigiu ontem que o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pare de fazer comparações nazistas relacionadas a ela.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte