Nas férias

Com ações preventivas nas férias, praias tiveram poucos acidentes

Durante a Operação Praia com Segurança, houve quatro salvamentos aquáticos e quatro crianças perdidas, além de 10 atendimentos pré-hospitalares e um resgate de veículo atolado na areia

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h46

SÃO LUÍS - O Praia com Segurança, realizada durante todo o mês de férias, na orla de São Luís. E os números não poderiam ser mais satisfatórios, segundo o coronel Célio Roberto, comandante do CBM, já que este ano não houve nenhuma morte, o que representa fruto do trabalho de prevenção do grupamento, justamente um dos focos da ação, em que também foram intensificados as rondas e o patrulhamento. “Nós demos enfoque à prevenção, passando as informações de segurança para os banhistas, e isso fez toda a diferença”, afirmou o comandante.

De acordo com a major Priscila Chaini, comandante do Batalhão de Bombeiros Marítimos (BBMAR), foram, no total, 25 dias de campanha, que tiveram quatro salvamentos aquáticos, quatro crianças perdidas, 10 atendimentos pré-hospitalares e um resgate de bens – um veículo que ficou atolado na praia. “Houve um número pequeno de ocorrências, mas mesmo naquelas a guarda esteve atenta para o socorro”, ressaltou.

Mesmo com o fim da operação, o BBMAR seguirá com seu trabalho de prevenção e socorro nas praias de São Luís. A regra é sempre a mesma: prezar pela orientação ao banhista para evitar o acidente. Por isso, a distribuição de panfletos com dicas de segurança deve continuar, bem como o patrulhamento, nas praias de São Marcos, Calhau e do Meio, em São Luís, além de Araçagi, Panaquatira e de Banho, no município de São José de Ribamar.

Segundo o comandante Célio Roberto, alguns cuidados nunca são demais, tais como evitar entrar na água após ingerir bebida alcoólica ou alimentos, evitar deixar crianças entrarem na água desacompanhadas e entrar na água somente até a linha da cintura.

SAIBA MAIS

Números da operação férias

25 dias de campanha
4 salvamentos aquáticos
1 resgate de bens
4 crianças perdidas
10 atendimentos pré-hospitalares

Dicas de segurança nas praias

1. Nade apenas em áreas supervisionadas por guarda-vidas;
2. Em caso de queimadura biológica por água-viva ou caravela, lavar a área com água do mar ou vinagre e procurar o guarda-vidas;
3. Se for pego por uma corrente marítima conhecida como vala, nade diagonalmente a ela até conseguir escapar;
4. Evite nadar sozinho ou em águas profundas ou desconhecidas;
5. Observe o movimento das crianças mesmo quando o guarda-vidas estiver próximo;
6. Nade sempre paralelamente à praia;
7. Evite ingerir bebidas alcoólicas ou comer em demasia ante e durante o banho de mar, rios, piscinas e açudes;
8. Em caso de emergência, ligue 193.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.