O Mundo | sérvio-bósnio

Ex-líder sérvio-bósnio é condenado a 40 anos de prisão por genocídio

Radovan Karadzic foi considerado culpado por crimes na guerra da Bósnia; ele foi julgado pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPII)
25/03/2016

Sérvia - O ex-líder político sérvio-bósnio Radovan Karadzic foi considerado culpado de genocídio e outras nove acusações de crimes contra a humanidade e crimes de guerra cometidos durante a guerra da Bósnia, declararam ontem os juízes do Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPII).

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte