Alternativo | EM BREVE

No aquecimento para o Maranhão na Tela

8ª edição do festival de cinema será realizada entre os dias 21 a 26 de março, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho; evento reunirá cerca de 350 filmes, capacitação e debates; toda a programação é gratuita
26/02/2016
No aquecimento para o Maranhão na TelaO cineasta Roberto Farias será homenageado pelo evento (Divulgação)

Exibição de cerca de 350 filmes entre animações, pré-estreias da recente produção brasileira contemporânea, mostra maranhense, capacitação e debates estarão reunidos na programação do 8º Maranhão na Tela, que será realizado entre os dias 21 e 26 de março, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande). O evento ainda homenageará o diretor Roberto Farias com a exibição de sete de seus filmes, incluindo o clássico dos anos 1980, “Pra Frente Brasil”, além de uma masterclass especial sobre sua obra. Todas as atividades do festival terão acesso gratuito.

“Roberto Farias é um dos mais importantes diretores brasileiros. É uma honra fazer uma homenagem no Maranhão na Tela. Além do ‘Pra Frente Brasil’, serão apresentados sete filmes seus, entre os quais a trilogia com Roberto Carlos, todos com cópias digitalizadas", afirmou Mavi Simão, realizadora do festival.

O evento chega à sua oitava edição com filmes inéditos e clássicos nacionais, mostra internacional de animação, competitiva local, uma retrospectiva do cinema maranhense e maratona de capacitação, além do Cine Café, a novidade do ano.

Entre os convidados confirmados estão Janaína Guerra, produtora de “Quase Memória”, dirigido pelo pai Ruy Guerra e o ator Fernando Alves Pinto, protagonista de “Para Minha Amada Morta”, longa-metragem dirigido por Aly Muritiba e premiado no festival de Brasília, entre outros.

Programação - A edição deste ano conta com quatro filmes inéditos: “Quase Memória”, de Ruy Guerra, baseado em livro de Carlos Heitor Cony; “Para Minha Amada Morta”, de Aly Muritiba; “Prova de Coragem”, de Roberto Gervitz (com atuação da amazonense radicada em São Luís, Áurea Maranhão) e “Um filme de cinema”, de Walter Carvalho.

A Mostra Maranhão de Cinema está dividida em dois momentos: uma programação competitiva e uma retrospectiva de filmes que marcaram a produção maranhense dos últimos 40 anos. A curadoria é de Mavi Simão, Josh Baconi e Raffaele Petrini, e apoio do Instituto Guarnicê e do Museu da Memória Áudio Visual do Maranhão (Mavam).

“Nesta mostra temos 12 horas de produções maranhenses. Estamos vivendo um bom momento e precisamos valorizar isso”, declara Rafaelle Petrini, diretor do Cine Praia Grande e integrante da equipe de curadoria da mostra.

Para garantir a boa conversa depois do cinema o 8º Maranhão na Tela apresenta o Cine Café, com uma dupla de profissionais da área e um mediador para debater temas ligados ao cinema. O programa vai ocupar a Galeria Valdelino Cécio (hall do Centro de Criatividade) durante todos os dias do festival, sempre às 18h.

E a Mostra Anim!Arte, programa cativo do evento desde 2008, traz neste ano cerca de 300 curtas, todos inéditos em São Luís. Direcionada especialmente para o público estudantil, numa parceria com a rede pública de ensino, será exibida no Cine Praia Grande e no Teatro Alcione Nazaré. A mostra é coordenada por Alexandre Juruena e terá duas sessões pela manhã e duas à tarde.

A etapa de capacitação – diferencial do Maranhão na Tela – oferece ao público, gratuitamente, 10 cursos e uma oficina. Já estão confirmados, entre outros, o curso Desenvolvimento de série de ficção, com Angélica Coutinho, e a oficina Animação em 2D, com Alexandre Juruena.

O Maranhão na Tela é uma realização da Mil Ciclo Filmes, com patrocínio da Oi e da Rede de Óticas Diniz, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e apoio cultural da Oi Futuro. A edição deste ano apresenta seis programas: Festival Anim!Arte, Mostra Panorama Brasil, Mostra Homenagem a Roberto Farias, Cursos e oficinas, Mostra Maranhão de Cinema e o Cine Café.

Serviço

O quê: 8º Maranhão na Tela

Quando: de 21 a 26 de março

Onde: Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande)

Todas as atividades terão acesso gratuito

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte