Camara Federal

Eduardo Cunha não vincula pesquisa a impeachment

Presidente da Câmara diz que crescimento de um ponto percentual na aprovação do governo Dilma não pode ser levada em conta no debate
Marco D''Eça28/10/2015

Brasília - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse ontem que o resultado da pesquisa encomendada pela Confederação Na­­cional do Transporte (CNT) ao instituto MDA, apontando melhora de um ponto percentual na avaliação do governo (subiu de 7,7%, em julho, para 8,8%, em outubro) não pode ser tratada como questão para análise do pedido de impeachment e não vai interferir em sua decisão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte