No interior do Maranhão

Após praticarem assalto a residências e latrocínio, três homens morrem em confronto com a Polícia Militar em Viana

Segundo a polícia, os criminosos cometerem dois assaltos a residências e um latrocínio (roubo seguido de morte) na cidade de Cajari. Após os crimes, eles fugiram para a cidade de Viana, onde três suspeitos dos crimes morreram e outros dois foram presos.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h20
Três suspeitos dos crimes morreram e outros dois foram presos. / Foto: Reprodução.
Três suspeitos dos crimes morreram e outros dois foram presos. / Foto: Reprodução.

VIANA - Três pessoas morreram em confronto com a Polícia Militar do Maranhão, na manhã desse domingo (24), na cidade de Viana, na região da baixada maranhense. O confronto aconteceu após os criminosos cometerem assaltos a residências e um latrocínio (roubo seguido de morte). Três suspeitos dos crimes morreram e outros dois foram presos.

“Esses indivíduos vinham sendo monitorados porque houve um crime na semana retrasada, aqui em Viana, que eles também participaram. Eles estavam em uma casa no bairro Democrata, patrocinados por uma mulher. Nós fomos até essa casa e não encontramos eles no local, pois durante o dia eles ficavam no mato praticando delitos como homicídios, roubos e tráfico de drogas. Na ocasião nós prendemos a mulher e apreendemos drogas, mas não conseguimos localizar os criminosos”, explicou o major Zadock, comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Veja imagens dos suspeitos sendo levados pela PM

Segundo informações do 36° BPM, a guarnição de serviço da Força Tática foi informada que quatro homens, fortemente armados, teriam se deslocado até uma a residência no povoado Bom Lugar, na cidade de Cajari e anunciaram um assalto.

No local, os criminosos verbalizaram que queriam as armas e as drogas que estavam na casa. No momento do crime, o irmão do dono da residência, vendo a ação dos criminosos, tentou correr, mas foi atingido por tiros. Denis Marques Pinheiro Pinto, de 24 anos, foi a óbito no local.

Depois do assalto e do latrocínio, os criminosos invadiram outra residência no povoado Flexeira, também em Cajari, onde renderam o caseiro, um outro trabalhador da propriedade, além de arrombarem o quarto onde se encontravam os moradores da casa.

Durante a ação, os homens praticaram agressões físicas e psicológicas contra as vítimas e roubaram a quantia de R$ 1.700 e outros pertences de valor.

Após assaltarem a residência, os criminosos roubaram uma motocicleta Honda vermelha, sem placa, e fugiram adentrando a uma área de campo, sentido Viana.

Diante das informações repassadas às equipes policiais, iniciou-se as buscas pela captura dos criminosos. E, por volta das 12h40, chegou a informação de que os suspeitos estariam nas proximidades da cidade de Viana, se descolando primeiramente a pé, pela área de campo e, posteriormente, por meio de uma canoa, atravessando um igarapé.

No local, eles tiveram apoio de um quinto homem, na tentativa de evitar o cerco policial formado na região do perímetro urbano da cidade.

Ao ser informada sobre a estratégia dos assaltantes, a polícia se deslocou para a região do campo, denominado de Porto de João Gato, com o objetivo de interceptar e realizar a captura dos suspeitos.

No momento da chegada da equipe policial no local, os criminosos passaram a efetuar disparos contra as guarnições. A PM atirou de volta e conseguiu atingir três suspeitos e prender outros dois. Os cinco suspeitos foram capturados e encaminhados ao Hospital Regional de Viana, para que fosse prestado à assistência médica necessária.

Os três suspeitos alvejados não resistiram as lesões e foram a óbito, já os outros dois, após assistência médica prestada, devido algumas escoriações, foram encaminhados a Delegacia Regional de Viana, para as medidas cabíveis.

Os cinco suspeitos de envolvimento no crime foram identificados como:

Roniel Pinto Mendes, conhecido como "Coelho", morador do bairro Matriz, em Viana; Paulo Ricardo Castro Ramos, de 18 anos, morador do bairro Tibiri, em São Luís; Lorimar Rocha Aires, de 52 anos, morador do bairro Democrata, em Viana; Jhon Edson, morador de São Luís; e Wesley, também morador de São Luís.

A polícia não informou quais deles foram a óbito e quais estão presos.

Com os suspeitos a polícia apreendeu: um revólver, calibre 38, de numeração raspada; uma escopeta artesanal, além diversos cartuchos de munição calibre 12.

De acordo com a PM, duas armas de fogo que, segundo as vítimas, também estavam em posse dos criminosos, não foram encontradas, pois, na tentativa de fuga, os homens caíram dentro do igarapé, não sendo possível recuperar as armas devido ao difícil acesso e profundidade da água.

Já a moto tomada de assalto e usada na fuga, foi abandonada e encontrada por populares, sendo devolvida ao proprietário.

Em entrevista à Rádio Mirante AM, o major Zadock, comandante do 36º BPM, contou detalhes do caso. Ouça:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.