Operação

Associação criminosa suspeita de agir no Maranhão e no Piauí é desarticulada durante cerco policial

Segundo a polícia, oito pessoas foram presas e teriam cometidos assaltos, tráfico de droga, homicídios e suspeitas de comandar o “Tribunal do Crime”.

Imirante.com

A operação foi realizada em Timon para desarticular associação criminosa interestadual.
A operação foi realizada em Timon para desarticular associação criminosa interestadual. (Foto: Divulgação)

TIMON - Oito pessoas foram presas e 12 mandados de busca e apreensão cumpridos durante operação policial realizada nesta quinta-feira (26), na cidade de Timon, interior do Maranhão com o objetivo de desarticular uma associação criminosa interestadual especializada de tráfico de droga, roubo e homicídio.

Leia também em: 

Suspeito de integrar facção criminosa é preso com armas e munições em Timon

VÍDEO: Homem é baleado após manter mulher refém em frente ao Batalhão da PM em Timon

O delegado-geral operacional da Polícia Civil, Lúcio Rogério, disse que durante esse cerco vários celulares, arma de fogo, munições e drogas foram apreendidas como ainda sete mandados de prisão foram cumpridos e uma mulher foi presa em flagrante.

Em poder da detida, os policiais apreenderam uma pistola 9 mm e várias munições. O delegado também informou que os detidos são suspeitos de roubo, comercializar droga, homicídio e comandar o “Tribunal do Crime”. Eles agem em Timon e na capital piauiense.

Há informações que quatro pessoas teriam sido vítimas do Tribunal do Crime e foram penalizadas com tiros nas mãos, nas pernas como também receberam pauladas pelo corpo. Os detidos ainda são suspeitos de expulsar populares de sua residência no interior do Maranhão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.