Criminalidade

Suspeito de integrar facção criminosa é preso com armas e munições em Timon

Uma das armas apreendidas havia sido roubado de um policial militar do Estado do Piauí.

Imirante.com

- Atualizada em 11/05/2022 às 13h55
Material apreendido com o suspeito.
Material apreendido com o suspeito. (Divulgação / PC-MA)

TIMON – Um homem, suspeito de integrar uma facção criminosa, foi preso pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), em cumprimento a mandado de busca e apreensão, nessa terça-feira (10), no bairro Novo Joia, em Timon, município distante 431 km de São Luís. Na residência do suspeito, os policiais apreenderam duas armas de fogo, dinheiro e várias munições.

Segundo a polícia, das duas armas de fogo apreendidas, uma era uma pistola, calibre 40, com registro de roubo, municiada, pertencente a um policial militar do Estado do Piauí.

A ação policial foi durante a segunda fase da operação Fraternitatis, que teve início no dia 4 de maio, com a prisão de 10 criminosos, apreensões de diversas armas, drogas e recuperação de motocicletas roubadas.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação da Delegacia de Homicídios de Timon visa apreensões de armas de fogo que estão nas mãos de faccionados e são utilizadas na guerra das facções, assaltos, atentados e na segurança de pontos de tráfico de drogas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.