(Divulgação)

COLUNA

Estado Maior
Notas sobre a política local, regional e nacional.
Estado Maior

MP começa a colher depoimento sobre denúncia de extorsão de promotor

O presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Victor, prestará depoimento nesta quarta-feira, 6, sobre denúncia que fez da tribuna da Casa contra o promotor Zanony Filho.

Ipolítica

Paulo Victor acusou Zanony Filho de pressioná-lo por cargos com salários de R$ 10 mil
Paulo Victor acusou Zanony Filho de pressioná-lo por cargos com salários de R$ 10 mil (Reprodução)

SÃO LUÍS - O Ministério Público Estadual começou a colher o depoimento para apurar possíveis ilícitos penais atribuídos ao promotor Zanony Passos Filho pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Paulo Victor (PSDB). O tucano presta depoimento nesta quarta-feira, 6.

O responsável pela apuração é o promotor Pedro Lino Curvelo.

O procedimento foi aberto após decisão do desembargador Vicente Castro em pedido liminar de Paulo Victor para suspender investigação contra vereadores no Ministério Público Estadual por prova ilícita originária.

A denúncia de Paulo Victor contra o promotor Zanony Filho também já está no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O próprio vereador representou por suposto crime de extorsão.

Pelo visto, o caso vai ter um desfecho até porque um órgão de fiscalização como o MP precisa dar respostas à sociedade. As acusações de troca de cargos com alto salário para barrar investigação fere de morte a instituição.

Se houve o crime, o MP precisa dar o exemplo e provar para a sociedade que o caso é algo isolado e não prática dentro do órgão.

Do outro lado, a Câmara Municipal também precisa dar resposta a sociedade. De fato, a classe política não goza de credibilidade junto a sociedade. O caso precisa ser bem apurado e os vereadores precisam dar resposta imediata para não manchar a imagem da Casa.

Agora é aguardar o resultado do que se investiga aqui e se o CNMP vai investigar em Brasília.

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.