VÍDEOS

Imagens mostram praça inundada e carros submersos após intensa chuva em São Luís

Situações caóticas foram registradas nesta quarta-feira na Praça da Lagoa e no Mercado Central.

Imirante.com

- Atualizada em 25/01/2023 às 13h37

SÃO LUÍS - A intensa chuva que atinge a Grande São Luís na manhã desta quarta-feira (25) provocou alagamentos em vários pontos. As imagens são impressionantes e assustadoras. 

A praça da Lagoa, na área nobre da capital, ficou inundada. Do alto, as imagens mostram um cenário totalmente diferente dos dias ensolarados. 

Em meio à chuvarada, dois homens empurram um veículo para tentar removê-lo do ponto mais inundado na praça. Veja nas imagens registradas por Paulo Soares, fotógrafo do Grupo Mirante.

Outras imagens repercutem nas redes sociais. Como a do estacionamento de um shopping do bairro Renascença que também ficou tomado pela água. Vários veículos ficaram ilhados nesta manhã. 

Leia mais:

Grande São Luís tem pontos de alagamento nesta manhã de forte chuva; veja os vídeos

Inmet lança alerta laranja de chuvas intensas e ventos de até 100 km/h em parte do Maranhão

Outro ponto, onde o cenário é caótico, é o Mercado Central de São Luís. Por lá, carros ficaram submersos e alguns boiavam por conta do alto nível da água. Não há informação sobre vítimas em nenhuma das ocorrências até o momento.

Por meio de uma nota técnica, o Núcleo Geoambiental (NuGeo) da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) informa que as chuvas, iniciadas na madrugada desta quarta-feira (25), são resultado da plena aproximação do sistema meteorológico denominado de Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). 

Veja nota na íntegra

As intensas chuvas ocorridas desde 1:00 da manhã do dia 25 de janeiro de 2023 em grande parte do norte do Maranhão, são resultado da plena aproximação do sistema meteorológico denominado de Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Em termos climatológicos, esse sistema começa com sua inteira atividade a partir de fevereiro e perdura até maio, mas esse ano, as anomalias positivas (águas mais quentes que o normal) de Temperatura da Superfície do Mar na região Equatorial do Atlântico, tem gerado uma atividade antecipada e mais intensa da ZCIT em áreas oceânicas adjacentes ao Litoral do Maranhão. Nesse cenário, tem se observado forte convecção e posteriormente, formação de significativos núcleos de nuvens carregadas associadas a ZCIT. Na capital do Maranhão, São Luís, foram registrados em torno de 65 mm de chuva (registro até as 9:00 da manhã) causando muitos transtornos para a população da cidade.

Os campos atmosféricos apontam para um prognóstico de chuvas acima da média histórica para os próximos três meses, nos quais se apresentam os maiores índices pluviométricos dentro da climatologia do setor centro-norte do Maranhão. Nessa perspectiva, tempestades severas (chuva intensas, ventos fortes e trovoadas) vão continuar ocorrendo.

As áreas de risco devem se manter em alerta, pois com as chuvas já ocorridas da pré-estação chuvosa, o solo já se encontra saturado e ocorrência de potenciais sinistros são maiores com a chegada definitiva da estação chuvosa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.