Prisão

Duas pessoas suspeitas de falsificação de documentos públicos são presas em São Luís

Polícia investiga organização criminosa desde 2022 e trabalha para identificar todos os suspeitos.

Imirante.com

Polícia Civil do Maranhão (PC-MA).
Polícia Civil do Maranhão (PC-MA). (Foto: Divulgação / Polícia Civil do Maranhão)

SÃO LUÍS - Duas pessoas foram presas nesta segunda-feira (23), em São Luís, durante uma operação da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) contra uma organização criminosa especializada em falsificação de documentos públicos para a prática de fraudes no Maranhão, que está sendo investigada desde 2022. A operação contou com apoio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Na primeira fase da operação, que ocorreu no dia 27 de julho de 2022, duas pessoas suspeitas de participação na organização criminosa foram presas ao tentar abrir uma conta em um banco com documentos falsos.

A investigação da Polícia Civil aponta que os criminosos conseguem ter acesso a centenas de documentos de identidade, entre originais, adulterados e falsificados. Com o auxílio de terceiros, a quadrilha recebe valores de empréstimos bancários e previdenciários em nome de pessoas reais ou fictícias. As investigações vão continuar para identificação de todos os integrantes da organização criminosa, tais como agentes públicos e funcionários de instituições financeiras.

Os dois presos nesta segunda-feira foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde vão permanecer à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.