Convocação

Vereadores convocam sétimo secretário de Braide

Parlamentares aprovaram requerimento convocando Diego Baluz que comanda a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Carla Lima/Ipolítica

- Atualizada em 06/12/2022 às 09h11
Requerimento de Álvaro Pires convocando Diego Baluz foi aprovado na Câmara Municipal
Requerimento de Álvaro Pires convocando Diego Baluz foi aprovado na Câmara Municipal (Fabrício Cunha)

SÃO LUÍS - A Câmara Municipal de São Luís convocou mais um secretário da gestão de Eduardo Braide (PSD). O vereador Álvaro Pires (PMN) apresentou requerimento convocando Diego Baluz, titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). Este é o sétimo memro do primeiro escalão da Prefeitura a ser convocado pelos parlamentares.

O motivo para a convocação de Baluz é a greve dos rodoviários anunciada no fim de semana e com previsão de acontecer na quinta-feira, 8. Segundo Álvaro Pires, após reunião com a diretoria do sindicato dos rodoviários, a Prefeitura de São Luís, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Ministério Público do Trabalho (MPT) e ainda o sindicato das empresas já foram notificadas da paralisação.

Com a notificação,que ocorreu na segunda-feira, 5, os rodoviários cruzarão os braços. A greve foi decidida durante o fim de semana após os empresários terem informado aos motoristas e cobradores que o 13º salário será pago em oito vezes.

Diante da possibilidade da terceira greve dos rodoviários em menos de dois anos, os vereadores decidiram convocar Diego Baluz para prestar esclarecimentos sobre o repasse do subsídio aos empresários e também sobre o recurso do auxílio emergencial enviado pelo Governo Federal para ajuda no sistema de transporte público.

Com Baluz, já são sete o número de secretários de Eduardo Braide convocados pelos vereadores. Antes foram a Câmara prestar esclarecimentos Enéas Fernandes (Governo), José Azzolini (Fazenda), Simão Cirineu (Planejamento) e Joel Nunes (Saúde).

Nesta quarta-feira, 7, vai acontecer a sessão de convocação de Ana Carla Furtado, secretária interina da Criança e Assistência Social acusada de prática de nepotismo e de favorecimento em processo licitatório.

Ainda sem data para ser ouvido, o outro secretário convocado foi Marcos Duailibe que comanda a pasta de Cultura na gestão de Braide.

Mais

Sobre a greve, a Prefeitura de São Luís informou ao Imirante que ainda não foi notificada e que os repasses que constam no acordo firmado no início do ano na Justiça do Trabalho vem sendo cumprido.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.