União Civil

Casamentos comunitários beneficiarão 230 casais evangélicos na Grande São Luís

Cerimônias ocorrem neste sábado (12), no bairro Parque Jair, em São José de Ribamar, e no dia 10 de dezembro, no bairro Tirirical, em São Luís.

Imirante.com, com informações da CGJ-MA

Os casais foram beneficiados com a gratuidade para oficializar a união civil por meio do Projeto ‘Casamentos Comunitários’.
Os casais foram beneficiados com a gratuidade para oficializar a união civil por meio do Projeto ‘Casamentos Comunitários’. (Divulgação / Governo do Maranhão)

SÃO LUÍS – Duas cerimônias de casamentos comunitários serão realizadas para 230 casais evangélicos, nos dias 12 de novembro e 10 de dezembro, na Grande São Luís. As cerimônias serão presididas pela juíza Joseane Corrêa Bezerra, titular da 3ª Vara de Família, e pelo juiz Ailton Castro Aires, titular da 1ª Vara da Família, respectivamente.

A cerimônia deste sábado (12), será realizada às 16h, para a celebração da união de 30 casais da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, na Rua Rita Ferreira, s/nº, bairro Parque Jair, em São José de Ribamar. As uniões serão celebradas individualmente, pela juíza coordenadora com a colaboração das juízas Diva de Barros Mendes, Rosária Almeida Duarte e Maricélia Costa Gonçalves.

A próxima cerimônia, em 10 de dezembro, ocorrerá às 19h, para celebração da união de 200 casais, na Igreja Evangélica Assembleia de Deus, na Rua Flávio Bezerra, nº 345, bairro Tirirical. O juiz da 1ª Vara da Família, Ailton Castro Aires, presidirá a solenidade.

Gratuidade da oficialização da união civil

Os casais foram beneficiados com a gratuidade para oficializar a união civil por meio do Projeto ‘Casamentos Comunitários’, oferecido pelo Poder Judiciário à população de baixa renda, com isenção total do pagamento das custas cartorárias.

O processo de habilitação, o registro e as certidões necessárias para habilitação dos noivos e noivas para as solenidades foram realizados pelos cartórios da 3ª Zona de Registro Civil das Pessoas Naturais do Termo Judiciário de São Luís e pelo cartório da 5ª Zona de Registro Civil, respectivamente.

Os cartórios serão pagos pelo Fundo Especial de Registro Civil (Ferc). Os editais de proclamas foram remetidos pelos cartórios à Diretoria do Fórum “Desembargador Sarney Costa”, para publicação no Diário da Justiça Eletrônico, sem despesas para os casais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.