Ação criminosa

Bandidos realizam assaltos a residências e coletivos em São Luís

Os criminosos, além de roubar objetos de valor, levaram dinheiro e, segundo a polícia, uma das vítimas se identificou como promotor de Justiça aposentado.

Imirante.com

- Atualizada em 17/07/2022 às 11h57
Criminosos atacam ônibus e residências na capital.
Criminosos atacam ônibus e residências na capital. (Divulgação)

SÃO LUÍS -  Residências e coletivos foram alvos de bandidos no sábado (16), em São Luís. Segundo a polícia, quatro criminosos ainda no período da manhã roubaram uma casa, no Vinhais e fizeram os moradores reféns.

Leia também em: 

Assaltante morre em tentativa de roubo a ônibus em Paço do Lumiar

Perseguição policial para conter roubo de veículos resulta em tiros na capital

Os bandidos primeiramente tocaram a campainha da casa e conseguiram entrar após o morador abrir a porta. Os assaltantes portando arma de fogo fizeram um verdadeiro arrastão nesse local e os moradores foram feitos reféns. 

De posse de vários objetos de valor e dinheiro, os criminosos fugiram em um veículo branco, de marca não identificada. Os militares foram acionados e realizaram rondas na região, mas não conseguiram prender os suspeitos.

No período da tarde, criminosos também em um veículo branco invadiram uma residência, localizada no bairro Cruzeiro do Anil, onde levaram joias, celulares, dinheiro e uma arma de fogo municiada. A polícia informou que uma das vítimas se identificou como promotor de Justiça aposentado. 

Ataque a ônibus

De acordo com a polícia, um coletivo, que faz linha Cohama/Holandeses, foi assaltado por dois homens, não identificados, durante a tarde de sábado (16), na avenida dos Holandeses, no Calhau. Os criminosos estavam portando arma branca e levaram dinheiro e objetos de valor dos passageiros. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.