Fora de circulação

Faccionados suspeitos de assassinato são presos na Grande Ilha

Segundo a polícia, os detidos teriam matado a tiros um motorista de veículo de frete e o corpo jogado em um córrego.

Imirante.com

Os detidos foram levados para a sede da SHPP, na Beira-Mar.
Os detidos foram levados para a sede da SHPP, na Beira-Mar. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS -  Quatro faccionados suspeitos de homicídio foram presos durante cerco realizado nesta terça-feira (21) pela equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP) na Região Metropolitana de São Luís.

Leia também em: 

Faccionados suspeitos de assassinato e ocultação de cadáver são presos em Bacabeira

Homem é morto por faccionados na Vila Apaco, em São Luís

A prisão foi em cumprimento de ordem judicial. Os detidos foram levados para a sede da SHPP, na Beira-Mar. De acordo com a polícia, eles são suspeitos da morte de Carlos Edeilson dos Santos Cruz, também conhecido como Dedeu. O crime ocorreu no dia 5 de agosto do ano passado, no Jardim Tropical, em São José de Ribamar.

Ainda segundo a polícia, a vítima era motorista de veículo de frete. No dia do crime, ele aceitou fazer uma corrida para um casal e tendo como destino o bairro da Janaína. Durante a viagem, Carlos dos Santos acabou sendo levado para o Jardim Tropical onde foi morto a tiros.

O corpo da vítima foi deixado em um córrego, localizado nessa localidade e o veículo chegou a ser utilizado para a prática de roubos na Grande Ilha. A polícia também informou que esse homicídio havia sido ordenado por faccionados como vingança em razão de Carlos dos Santos poderia ter tido envolvimento com a morte de um integrante de uma facção criminosa, identificado como Danilo Estrela.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.