Discurso

Senador defende intervenção federal no serviço de ferryboats em São Luís

Robert Rocha pede que MPF também fiscalize operação de embarcações.

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 18/05/2022 às 09h37
Transporte entre São Luís e Cujupe passa por problemas
Transporte entre São Luís e Cujupe passa por problemas (Foto: Paulo Soares/O Estado)

BRASÍLIA - O senador Roberto Rocha (PTB) defendeu, nesta terça-feira (17), em pronunciamento no Senado, uma intervenção do governo federal no transporte via ferryboats em São Luís.

O serviço enfrenta problemas por conta das constantes quebras de embarcações e após problemas com uma das empresas que venceu licitação, mas ainda não começou a operar.

Nos últimos dias, protestos de motoristas de vans, ônibus e de caminhoneiros chegaram a bloquear acessos aso terminas na Ponta da Espera, na capital maranhense, e no Cujupe.

O governo conseguiu negociar a liberação dos acessos, e promete a normalização das viagens até o fim de semana.

Para Rocha, o governo federal e o Ministério Público federal (MPF) devem entrar no caso.

“Quero reiterar a apelo ao Governo Federal, ao Ministério Público Federal, às autoridades que têm competência de fazer a fiscalização das leis. Nós temos uma Constituição Federal e é muito claro o que ela diz em relação ao direito do cidadão de ir e vi. E esse direito não está sendo respeitado no estado do Maranhão. Peço providências da PGR, do Ministério Público Federal e da Presidência da República”, disse.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.