Serviço questionado

Relatório da CPI do transporte será técnico e propositivo, diz relator

Vereador Álvaro Pires diz que tanto a Prefeitura de São Luís quanto as empresas de ônibus descumprem termos do contrato de concessão do serviço.

Clóvis Cabalau / Ipolítica

- Atualizada em 10/05/2022 às 14h50

SÃO LUÍS - Relator da CPI do Transporte Público, vereador Álvaro Pires afirmou que problemas no transporte público da capital são resultado de falhas tanto do poder público municipal quanto das empresas que detêm a concessão do serviço.

Leia também: CPI dos Transportes será concluída após audiência pública

Abertos no dia 6 de dezembro, os trabalhos da CPI ainda não foram concluídos e, segundo o relator, haverá atraso na entrega do texto final. 

“Somente ontem (segunda-feira), eu tive acesso a documentos que faltavam. Por essa razão, vamos atrasar um pouco mais para concluir o trabalho. O relatório está 90 por cento redigido”, disse Álvaro Pires. O vereador garantiu que o relatório será técnico e propositivo.

Em conversa com o Imirante, Pires falou de problemas no transporte detectados pela CPI. Assista acima à íntegra da conversa.

Leia ainda:

CPI não vai terminar em pizza, afirma vereador Chico Carvalho

 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.