Protesto

Familiares e amigos fazem manifestação por justiça após assassinato de corretor de imóveis

A vítima foi baleada e morta após discutir com o vigilante de pet shop do bairro da Cohama.

Imirante.com

- Atualizada em 10/05/2022 às 19h46
Dino Márcio Pinho Rosa Formiga, 47 anos, foi assassinado na noite dessa segunda-feira (9).
Dino Márcio Pinho Rosa Formiga, 47 anos, foi assassinado na noite dessa segunda-feira (9). (Foto: Arquivo Pessoal)

SÃO LUÍS – Os familiares e amigos do corretor de imóveis Dino Márcio Pinho Rosa Formiga, 47 anos, assassinado na noite dessa segunda-feira (9), no estacionamento de um pet shop no bairro Cohama, realizam uma manifestação por Justiça.

A manifestação será realizada após o sepultamento do corpo de Dino Márcio. O encontro será no estacionamento do estabelecimento comercial, local que ocorreu o crime. 

Leia também:

Suspeito de ter matado corretor de imóveis é auxiliar penitenciário temporário, diz a polícia

Segue foragido vigilante autor de homicídio na Cohama

Cliente é morto a tiros após discussão em clínica veterinária no Monte Castelo, em São Luís

O enterro de Dino Márcio está previsto às 16h, desta terça-feira (10), no cemitério do Gavião, no Centro de São Luís.

Relembre o caso

O delegado Felipe César, da SHPP, declarou que o corretor de imóveis teria ido ao pet shop, na Cohama, com o objetivo de trocar uma ração de gato quando teve início um desentendimento com o vigilante desse estabelecimento comercial.

A discussão se prolongou até a parte externa da loja quando o vigilante realizou vários disparos de arma de fogo contra Dino Márcio. O corretor de imóveis ainda foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais, mas, chegou sem vida. O suspeito conseguiu fugir e levou a arma.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.