Emendas

Conselho de Ética instaura processo contra Josimar de Maranhãozinho

O parlamentar maranhense é acusado pela Polícia Federal de desviar recursos de emendas.

Gilberto Léda/ipolítico

- Atualizada em 04/05/2022 às 18h14
Josimar foi alvo de representação da Rede Sustentabilidade
Josimar foi alvo de representação da Rede Sustentabilidade (Josimar de Maranhãozinho)

BRASÍLIA - O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados instaurou, nesta quarta-feira (4), processo disciplinar contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA).

Pré-candidato a governador do estado, o parlamentar tornou-se alvo do colegiado por meio de uma representação da Rede Sustentabilidade, assinada em dezembro do ano passado pelos senadores Randolfe Rodrigues e Fabiano Contarato (atualmente no PT) e pela deputada Joênia Wapichana, além da porta-voz nacional da legenda, Heloísa Helena.

Josimar é acusado pela Polícia Federal de desviar recursos de emendas parlamentares. Ele já foi alvo de duas operações da PF desde dezembro de 2020.

Na lista há, ainda, processos contra os deputados Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), Bia Kicis (PL-DF) e Carla Zambelli (PL-SP), todos bolsonaristas, e contra Kim Kataguiri (União Brasil-SP), que defendeu em entrevista a um podcast ter sido um erro a Alemanha ter criminalizado o partido nazista.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.