Crise

Rogério Cafeteira rebate Yglésio e diz que Governo investiu no futebol maranhense

Yglésio afirmou na tribuna da Assembleia Legislativa que falta investimento do Poder Público no futebol maranhense.

Ronaldo Rocha / ipolítica

- Atualizada em 25/04/2022 às 08h17
Rogério Cafeteira foi secretário de Esportes da gestão Flávio Dino
Rogério Cafeteira foi secretário de Esportes da gestão Flávio Dino (Divulgação)

SÃO LUÍS - O ex-secretário de Estado de Esportes, Rogério Cafeteira, rebateu as críticas levantadas pelo deputado estadual Yglésio Moyses sobre a falta de investimentos por parte do Poder Público ao futebol maranhense. 

Yglésio utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na semana passada para criticar a gestão de Esportes no Maranhão e disse que no atual cenário é impossível se promover espetáculos no futebol maranhense, uma vez que falta recursos.

Leia também: deputados trocam farpas em rede social após resultado do Maranhense

Cafeteira - atingido pelas críticas -, defendeu afirmou que o ex-governador Flávio Dino investiu mais de R$ 8,4 milhẽs em apoio direto ao campeonato maranhense, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

“À frente da Sedel, como secretário, pude intermediar diversos ações e ratificar tantas outras em apoio aos clubes, como exemplo, a renúncia do Governo do Estado do percentual das bilheterias dos jogos de todos os campeonatos e apoio a diversas outras modalidades esportivas desenvolvidas pelos nossos clubes podemos citar o basquete,o beachsoccer, o futsal, dentre outras”, disse.

E completou: “Reafirmo de maneira categórica que nunca, na história, houve maior apoio do governo do estado as diversas categorias esportivas, em destaque ao futebol maranhense. Aproveito a oportunidade para agradecer, mais uma vez, por ter tido a honra de compor a equipe do governador @flaviodino no período de 2019 a 2022”, finalizou.

Yglésio e Cafeteira pertencem ao mesmo grupo político.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.