Às moscas

Trecho da Tancredo Neves continua com buracos, lama e lixo

Os moradores chegaram a interditar, mas nem isso adiantou.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h38
 Foto: Domingos Ribeiro/Mirante AM.
Foto: Domingos Ribeiro/Mirante AM.

SÃO LUÍS - Persiste o problema de tráfego na avenida Tancredo Neves, que separa São Luís e São José de Ribamar e dá acesso ao Hospital de Urgência e Emergência Clementino Moura (Socorrão II). Os buracos, que se multiplicaram, já que não houve reparos, tornam a passagem de veículos e pedestres um tormento.

A avenida está tomada, ainda, por lama e lixo. Os moradores chegaram a interditar há alguns meses, mas nem isso adiantou. Em reportagem do mês de agosto, as prefeitura de ambos os municípios haviam informado que executariam as obras nos trechos pertencentes a cada uma. Mas, um longo trecho continua sem pavimentação.

Por telefone, a assessoria de comunicação da Prefeitura de São Luís esclareceu que o trecho que aparece na imagem acima pertence a São José de Ribamar. Procurada, a prefeitura de São José de Ribamar explicou que aguarda que seja firmada uma parceria institucional com o governo do Estado para recuperar a via. Confira, abaixo, a nota na íntegra.

A Avenida corta os territórios de São Luís e de São José de Ribamar. Ano passado, trechos da via, inclusive pertencentes à capital, foram recuperados. O grande problema da Avenida é a falta de rede de drenagem das águas pluviais. A Prefeitura ribamarense aguarda, por parte do Governo do Estado, sinalização positiva para que seja firmada parceria institucional, através do programa Mais Asfaltado, objetivando recuperar toda a Avenida, assim como implantar sistema de drenagem. Sobre o lixo, o setor já foi acionado para que sejam tomada as providências cabíveis e urgentes.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.