Barbaridade

Criança de 8 anos é estuprada e jogada em poço no município de Santa Helena

Segundo a polícia, o homem teria introduzido o dedo na vagina da menor e em seguida jogado a vítima em um poço.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h26
O homem foi conduzido à Unidade Prisional onde aguardará o término das investigações e ficará à disposição da Justiça.
O homem foi conduzido à Unidade Prisional onde aguardará o término das investigações e ficará à disposição da Justiça. (Arte: Imirante.com)

SANTA HELENA - Um homem foi preso, nessa quarta-feira (2), suspeito de estuprar uma criança de 8 anos no bairro Morada Nova, no município de Santa Helena, no interior do Estado.

Segundo a Polícia Civil, o homem teria entrado na residência onde estariam duas crianças, aproveitando-se da oportunidade em que o responsável por elas teria as deixado sozinhas. O suspeito, então, foi ao quarto de uma das menores e a arrastou até uma casa ao lado que estava abandonada.

Leia também:

Cinco suspeitos de estuprar crianças no interior do Maranhão são retirados de circulação

Polícia localiza suspeito de estupro com rastreador de celular

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito teria segurado a boca da criança a impedindo de gritar pedindo por socorro. Em seguida, o homem teria introduzido o dedo na vagina da menor e em seguida jogado a vítima em um poço. A polícia informou que a criança está bem e sem lesões físicas.

A partir desses relatos, foi representada pela prisão preventiva do suspeito.

Prisão decretada

Com a decretação da prisão preventiva, a equipe de investigação da delegacia de polícia de Santa Helena iniciou as investigações para localizar o suspeito. Assim que foi localizado, os policiais civis cumpriram o mandado de prisão do homem.

O homem foi conduzido à Unidade Prisional onde aguardará o término das investigações e ficará à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.