Violência sexual

Preso homem suspeito de estuprar e engravidar adolescente no interior do Maranhão

A prisão ocorreu em Presidente Sarney, e o detido foi encaminhado para o presídio, na cidade de Pinheiro.

Imirante.com

- Atualizada em 07/04/2022 às 17h48
O detido é acusado de ter violentado sexualmente e engravidado a adolescente.
O detido é acusado de ter violentado sexualmente e engravidado a adolescente. (Divulgação)

PRESIDENTE SARNEY - Um homem foi preso em cumprimento de determinação judicial, nesta quinta-feira (7), suspeito de ter violentado sexualmente e engravidado uma adolescente, de 12 anos, em Presidente Sarney, cidade distante 149 km de São Luís.

Leia também em: 

Dois suspeitos de estupro de vulnerável são presos no Maranhão

Homem de 54 anos é preso suspeito de estupro de vulnerável

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), a vítima vinha sendo abusada sexualmente há nove meses e acabou engravidando do suspeito. O caso foi denunciado na delegacia do município pela mãe da adolescente.

Ainda segundo a polícia, a vítima também foi ouvida e está sendo acompanhada por profissionais da área da saúde e conselheiros tutelares. A polícia solicitou ao Poder Judiciário a prisão do suspeito, que foi cumprida nesta quinta-feira. 

O detido foi levado primeiramente para a delegacia da cidade onde prestou esclarecimentos sobre o caso e, logo após, encaminhado para o presídio, em Pinheiro.

Outras prisões

Em Buriti Bravo, na última quarta-feira (6), um homem foi preso suspeito da prática do crime de homicídio. O delegado Carlos Eduardo disse que o crime aconteceu no dia 31 de março deste ano, e a vítima foi morta de forma brutalmente a pedradas.

A polícia também prendeu um outro homem suspeito de homicídio, em Imperatriz. O crime aconteceu no ano de 2011. O detido foi capturado no bairro Vila Vitória e apresentado na Delegacia Regional de Imperatriz.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.