Manifestação nacional

Maranhão tem mais de 10 pontos de protestos de caminhoneiros

Na Região Metropolitana de São Luís, bem como no interior do Estado, vários postos já se encontram sem combustível.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h18
Manifestação na BR-230, na cidade de Balsas.
Manifestação na BR-230, na cidade de Balsas. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Na tarde desta quinta-feira (24), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 14 pontos de protestos de caminhoneiros nas BRs que cortam o Maranhão, sendo quatro na Região Metropolitana de São Luís e 10 no interior do Estado.

Leia também:

Acompanhe o 4º dia de greve dos caminhoneiros pelo Brasil

Protestos ameaçam abastecimento de combustível em São Luís

Com paralisação de caminhões, alimentos começam a faltar na capital maranhense

Em protesto, caminhoneiros ocupam faixas da BR-135

Veja os pontos de protestos de caminhoneiros:

Imperatriz - BR 010, km 246 Cidelândia - BR 010, km 299,5 Trecho Seco

Estreito - BR 010, km 131

Balsas - BR 230, km 396

Balsas - BR 230, km 406

Caxias - BR 316, km 544

São Domingos do Azeitão - BR 230, km 216

Grajaú - BR 226, km 413

Açailândia - BR 222, Pequiá

Bacabeira - BR 135, km 46

São Luís - BR 135, km 5, Oleama

São Luís - Km 2 do Acesso da BR-135 (posto Paizão)

São Luís - Km 6 do acesso da BR-135, Vila Maranhão

São Luís – BR-135, Km 16,2 do acesso (Avenida dos Portugueses), em frente à Liquegás.

De acordo com a PRF, todas as manifestações ocorrem sem interdição de rodovias e valem apenas para veículos de carga. Outros veículos estão liberados. As manifestações começaram na manhã de segunda-feira (21), em protesto contra o aumento do preço dos combustíveis.

Por causa das manifestações que ocorrem em todo o Brasil, já há registro de falta de combustível em várias partes do país. Na Região Metropolitana de São Luís, bem como no interior do Estado, vários postos já se encontram sem combustível. Nas cidades de Caxias, Bacabeira, Balsas e Imperatriz há falta de combustíveis em vários postos.

Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues da Mirante AM, mais detalhes sobre o caso:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.