Violência sexual

Advogado suspeito de estupro de vulnerável é preso em João Lisboa

O acusado embora sendo casado prometia casar com a vítima que é uma adolescente de 13 anos.

Imirante.com

- Atualizada em 13/04/2022 às 14h47
O advogado foi preso em cumprimento de ordem judicial.
O advogado foi preso em cumprimento de ordem judicial. ( Foto: Reprodução)

JOÃO LISBOA - Um advogado, nome não revelado, foi preso na tarde da última quarta-feira (30) em cumprimento de ordem judicial, na cidade de João Lisboa, interior do Maranhão acusado de violentar sexualmente uma adolescente, de 13 anos. Segundo a polícia, ele prometia casar com a vítima, embora, já fosse casado.

Leia também em: 

Setenta e dois casos de estupro de vulnerável foram registrados na DPCA em 2020

Preso acusado de estupro de vulnerável em João Lisboa

O delegado James Ferreira declarou que esse ato criminoso vinha ocorrendo desde o ano passado. O advogado para manter relação sexual com a adolescente prometeu casar com ela, embora, já fosse casado. A polícia ficou sabendo do caso por meio de denúncia feita pelos pais da menor de idade.

Foi pedido ao Poder Judiciário a prisão e um mandado de busca e apreensão em desfavor do investigado. Todos os procedimentos foram acompanhados pelos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da subseção de Imperatriz.

O detido foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de João Lisboa onde prestou esclarecimentos sobre o caso e, logo após, encaminhado para uma unidade prisional, na cidade de Imperatriz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.