Após incêndio em residência

Bebê que teve corpo queimado morre em hospital de Imperatriz

A mãe da criança também não resistiu e morreu na última quinta (23); a casa onde moravam pegou fogo no dia 17.

Tátyna Viana/Imirante Imperatriz

Ferreira. Foto: Arquivo.
Ferreira. Foto: Arquivo.

IMPERATRIZ - Morreu na noite desta segunda-feira (27), em decorrência de complicações causadas por queimaduras, Heloá Ferreira, de dois anos de idade. Ela estava internada em uma UTI do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz desde a última sexta-feira (17). Ela foi vítima de um incêndio em casa, que teria sido provocado por vazamento de gás, resultando em uma explosão. O caso aconteceu no bairro Jardim São Luís, em Imperatriz. 

A criança teve queimaduras graves em 70% do corpo. A mãe dela, Ana Carolina Ferreira, que entrava em casa com a filha no momento da explosão, teve praticamente 100% do corpo queimado e também não resistiu aos ferimentos, ela morreu na última quinta-feira (23) no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI).

A jovem Ana Carolina morreu no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) na quinta (23). Foto: Arquivo.
A jovem Ana Carolina morreu no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) na quinta (23). Foto: Arquivo.

Leia mais:

Morre jovem que teve queimaduras de 3º grau em incêndio dentro de casa em Imperatriz

Mãe e filha queimadas em incêndio que destruiu casa estão internadas na UTI

No dia 17 deste mês, a casa em que moravam teve todos os cômodos destruídos com a explosão, que aconteceu após Ana Carolina ligar um interruptor. Os bombeiros constataram o vazamento de gás de cozinha no imóvel.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.