Decreto estadual

Fiscalização realiza fechamento de 18 estabelecimentos em Imperatriz

Consideradas atividades não essenciais, lojistas e donos de bares tiveram que fechar as portas nesta sexta-feira (26).

Tatyna Viana / Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
(Divulgação)

IMPERATRIZ - Em cumprimento à decisão judicial que obrigou a Prefeitura de Imperatriz a aderir ao feriado estadual de Adesão do Maranhão à Independência do Brasil - comemorado no dia 28 de julho e antecipado para esta sexta-feira (26) - e obedecendo ao decreto estadual que restringe a circulação de pessoais neste fim de semana, a força-tarefa composta por órgãos de fiscalização estaduais e municipais fechou 18 estabelecimentos considerados serviços não essenciais.

Pela manhã, a Guarda Municipal e equipes da Vigilância Sanitária acompanharam a Polícia Militar durante as abordagens em Imperatriz, com o fechamento de 15 estabelecimentos que não estão autorizados a funcionar conforme a ordem judicial. Os órgãos fiscalizadores fizeram três autuações, seis intimações e oito notificações. No início da tarde, a prefeitura autuou um bar localizado no Centro da cidade, que estava aberto, com atendimento normal e disposição de mesas nas calçadas.

De acordo com o secretário de governo de Imperatriz, Eduardo Soares Sousa, a fiscalização será reforçada à noite, para combater também festas particulares que têm acontecido com aglomeração de pessoas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.