Qualificação

Centro de Inclusão Econômica capacita mulheres em Imperatriz

Neste ano, cerca de 1.700 pessoas, passaram pelos cursos ofertados no Ciesei.

Imirante Imperatriz, com informações da Assessoria.

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h36

IMPERATRIZ – Muitas mulheres chefes de família estão mudando sua realidade social após capacitação profissional ofertados no Centro de Inclusão Econômica e Social de Imperatriz (Ciesi). Neste ano, cerca de 1.700 pessoas, passaram pelos cursos ofertados no Ciesei, com 90% de participação feminina.

Mulheres que antes não tinham uma profissão, além de cuidar da casa e dos filhos, agora são donas do próprio negócio, ou já saem do curso de capacitação empregadas. A maioria dos cursos disponibilizados possibilita que o profissional trabalhe em casa.

Foram ofertados cursos de cabeleireiro, manicure, depilação, maquiagem, corte e costura, pintura em tecido, oitinho, capitonê, bordado em fita, predaria em sandália, biscuit, panificação e informática.

Foi por meio da inclusão produtiva que Joseane Pereira Gomes, 25 anos, passou a ajudar no sustento da família após receber o certificado do curso de bordado em fita.

“Eu comecei o curso porque não posso trabalhar fora por conta do meu filho que é especial e precisa dos meus cuidados. Então, eu pensei que participando de um curso que pudesse trabalhar em casa, teria uma renda extra e ajudaria meu esposo e meu filho. Assim, escolhi um curso que eu já me identificava e agora estou muito feliz pela oportunidade”, disse.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.