Operação policial

Suspeito de irregularidades, delegado é preso em Esperantinópolis

Idaspe Perdigão é o terceiro detido em investigação da Seccor no município.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h17
Idaspe Perdigão é delegado em Esperantinópolis.
Idaspe Perdigão é delegado em Esperantinópolis. (Divulgação)

ESPERANTINÓPOLIS – Em operação realizada na tarde desta quarta-feira (8), a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) cumpriu um mandado de prisão preventiva contra o delegado Idaspe Perdigão, que atua no município de Esperantinópolis, a 350km de São Luís. Suspeito de irregularidades envolvendo veículos e procedimentos na delegacia, Perdigão deve ser encaminhado para São Luís nas próximas horas.

Leia também: Carcereiro é preso por vender motocicletas apreendidas

No dia 17 de julho, a Seccor efetuou a prisão do carcereiro Raimundo da Silva Barros e do funcionário municipal Ronaldo de Sousa Santos, suspeitos de participação nas vendas de motocicletas que ficavam apreendidas no pátio da Delegacia de Esperantinópolis. Além disso, os detidos são suspeitos de pedirem dinheiro a vários parentes de presos, em troca da liberdade dos mesmos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.