Decisão judicial

Acusado de homicídio na cidade de Barra do Corda é absolvido pela Justiça

A vítima foi morta a golpes de canivete durante uma briga em uma partida de futebol, no mês de agosto de 2006.

Imirante.com, com informações do TJ-MA

- Atualizada em 27/07/2022 às 16h55
O julgamento ocorreu no fórum de Barra do Corda.
O julgamento ocorreu no fórum de Barra do Corda. (Foto: Divulgação)

BARRA DO CORDA - O Poder Judiciário absolveu Márcio Resplandes Santos, também conhecido como Márcio Gago, suspeito de ter matado Ronnie Tekis Martins Costa Neto. O crime aconteceu no dia 20 de agosto de 2006, no bairro Cohab, em Barra do Corda, interior do Maranhão.

Leia também em: 

Preso homem condenado a oito anos de prisão por estupro, em Barra do Corda

Empresário é morto na porta de sua residência, no município de Barra do Corda

O julgamento ocorreu na terça-feira (26), no fórum de Barra do Corda e o Tribunal do Júri Popular não reconheceu a autoria do crime. Márcio Santos era acusado de homicídio qualificado, por motivo fútil de surpresa.

O acusado não chegou a ser interrogado na polícia de Barra do Corda, no Maranhão e foi considerado foragido, sendo localizado na região administrativa do Gama, no Distrito Federal. O juiz da 1ª Vara de Barra do Corda, Antônio Queiroga Filho, solicitou a intimação do acusado à Justiça do Distrito Federal para garantir a participação do acusado no julgamento por meio de videoconferência, com a advertência de que a ausência injustificada implicaria a aplicação das penas da revelia.

Em plenário, o Ministério Público pediu a condenação de Márcio Santos pelo crime de lesões corporais seguidas de morte, enquanto, a defesa pediu a absolvição com base de negativa de autoria e, ainda, a desclassificação do crime para lesões corporais. 

A defesa pediu a absolvição do acusado, com base nos fundamentos de negativa de autoria, porque nenhuma das testemunhas confirmou ter visto Márcio Santos furando a vítima e pelo acusado ter afirmado que apenas se defendeu de uma pedrada recebida da vítima.

Crime 

De acordo com a denúncia do Ministério Público, no dia 20 de agosto de 2006, durante uma briga ocorrida em uma partida de futebol no Bairro Cohab, em Barra do Corda, Márcio Santos puxou um canivete e golpeou a vítima Ronnie Tekis Martins Costa Neto, na altura dos rins, causando a sua morte. A vítima ainda chegou a ser levada para o hospital.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.