Irregularidades

Caminhão com carga irregular de madeira nativa serrada é apreendido na BR-010

Durante a fiscalização foram detectadas várias irregularidades, entre as quais a divergência entre as espécies transportadas e outras na documentação.

Imirante.com, com informações da PRF

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h02
Apreensão foi feita no km 320 da BR-010, em Açailândia, município a 566 km de São Luís.
Apreensão foi feita no km 320 da BR-010, em Açailândia, município a 566 km de São Luís. (Foto: Divulgação / PRF)

AÇAILÂNDIA – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na madrugada desse sábado (12), um caminhão carregado de madeira nativa serrada. De acordo com a PRF, a carga estava com documentação irregular. A apreensão foi feita no km 320 da BR-010, em Açailândia, município a 566 km de São Luís.

Ainda segundo a PRF, o caminhão que transportava a carga era um M. Benz/LS 1634, cor branca, placas da Bahia, atrelado a um semirreboque Randon SR C3 DI, cor branca, placa de Pernambuco, ambos eram conduzidos por um homem de 39 anos, residente em Petrolina (PE).

A PRF informou que, de imediato, foi constatado que a carga transportada era composta por madeira nativa serrada, sendo, então, solicitados os documentos necessários para o seu transporte, ao que foi apresentada a nota fiscal NFe e a Guia Florestal para Transporte de Matéria Prima Florestal Diversa (GF3i). Também foi apresentado o Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico (Dacte) e o Documento Auxiliar do Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônicos (Damdfe).

A GF3i e a NFe eram válidas e concordantes e tratam do transporte de 23m³ de madeira nativa serrada em vários perfis e espécies. Entretanto, durante a fiscalização foram detectadas várias irregularidades, entre as quais a divergência entre as espécies transportadas e as constantes na documentação.

Diante das informações obtidas foram constatadas, a princípio, ocorrências de Transportar, adquirir, vender, madeira, lenha, carvão sem licença válida, e de Falsidade Ideológica.

O caminhão e carga permanecem retidos na Unidade Operacional da PRF de Açailândia à disposição do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O motorista foi conduzido para a Polícia Federal de Imperatriz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.