Exposição

Sesc apresenta a exposição inclusiva "Ilhados" do Coletivo "Os Dalí"

Período de visitação será até o dia 8 de outubro, nos horários das 9h às 11h30 e 13h30 às 17h, com agendamento prévio.

Na Mira, com informações do Sesc

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h02
Projeto Mão à Obra é um programa de arte-educação Inclusiva com ênfase no público com deficiência visual.
Projeto Mão à Obra é um programa de arte-educação Inclusiva com ênfase no público com deficiência visual. (Foto: Divulgação )

SÃO LUÍS - O Sesc lançou nessa segunda-feira (16), a Exposição 'Ilhados', que parte da inquietação do trio de artistas maranhenses, o coletivo “Os Dalí”, diante dos depoimentos sobre as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência percebidas na cidade de São Luís, no Estado do Maranhão. Período de visitação será até o dia 8 de outubro, nos horários das 9h às 11h30 e 13h30 às 17h, com agendamento prévio.

Leia também:

Exposição mostra os ofícios que envolvem a manifestação de bumba-meu-boi

Com o avanço das discussões sobre a deficiência no âmbito social e cultural, a falta de acessibilidade passou a ser percebida como um fator que contribui para a invisibilidade das pessoas com deficiência e que revela uma violência normativa, que privilegia algumas vidas em detrimento de outras, convocando a sociedade para reflexões sobre as barreiras que dificultam a participação das pessoas com deficiência no cenário sociocultural

A exposição conta com uma série de 11 fotografias e quatro instalações artísticas, além de recursos de tecnologia assistiva como: pranchas táteis e em alto-contraste, audiodescrição, vídeo em libras e legendas em braile que pretendem discutir, refletir e problematizar sobre a falta de acessibilidade para pessoas com deficiência em várias instâncias.

O Sesc Mãos à Obras é um projeto de arte-educação de múltiplas acessibilidades desenvolvido há 24 anos pelo Sesc no Maranhão. O Projeto Mão à Obra é um programa de arte-educação Inclusiva com ênfase no público com deficiência visual. Surgido a partir do projeto “Museu e Público Especial” para suprir a carência de demandas de ações inclusivas no Maranhão, ao longo das edições o projeto tem ampliado seu alcance, representando um marco no trabalho educativo da instituição.

Para visitação é necessário realizar agendamento gratuito, de segunda-feira a sexta, pelos números: (98) 3216 3826 / 3216 3830

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.