Na Espaha

Shakira pode ser julgada por fraude fiscal segundo juiz espanhol

De acordo com investigações do Juiz Marco Juberias, a cantora espanhola não pagou um valor estimado de € 14,5 milhões em impostos

Na Mira

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h02
O documento foi divulgado pelo tribunal da Espanha, nessa quinta-feira (29).
O documento foi divulgado pelo tribunal da Espanha, nessa quinta-feira (29). (Foto: Reprodução / redes sociais )

MUNDO – A cantora Shakira pode ser julgada por fraude fiscal de R$ 87 milhões. Segundo o juiz espanhol foi apontada “evidências suficientes”, para que a artista fosse levada à Justiça. O documento foi divulgado pelo tribunal da Espanha, nessa quinta-feira (29).

Leia também:

Receita da Espanha afirma que Shakira sonegou US$ 17,4 milhões em impostos

De acordo com investigações do Juiz Marco Juberias, a cantora espanhola não pagou um valor estimado de 14,5 milhões de euros (cerca de R$ 87 milhões), em impostos sobre a renda entre os anos de 2012 e 2014.

Segundo informações do site Reuters, embora a cantora morasse na região da Catalunha, durante à época, os promotores alegaram que ela não morava na Espanha até 2015. E que, segundo os promotores, ela cumpria com os pagamentos dos impostos.

Os representantes da artista afirmaram, por meio de comunicado, que o documento deferido pelo tribunal da Espanha, era uma “etapa esperada do processo” e que a equipe jurídica de Shakira, “permanece confiante”.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.