Cirurgia plástica

Cirurgia plástica: veja cuidados pré e pós-operatórios

O sucesso do procedimento depende dos cuidados antes e depois da cirurgia.
Angra Nascimento /Imirante Imperatriz03/06/2016 às 11h02

IMPERATRIZ – Para que uma cirurgia plástica tenha sucesso, os cuidados pré e pós-operatório são fundamentais, além de evitar complicações posteriores. Para esclarecer sobre o assunto, a reportagem do Na Mira conversou com o cirurgião Ernesto Ruggrini Filho, que deu algumas dicas.

O especialista ressaltou que os cuidados aumentam as chances de êxito do procedimento e listou alguns. No pré-operatório, os cuidados de uma cirurgia plástica é como em todo procedimento cirúrgico, que começam com um bom detalhamento de exames laboratoriais, avaliação cardíaca (quando necessária), um bom hospital e uma boa equipe. “Esses cuidados são essenciais quando uma pessoa decide se submeter a uma cirurgia plástica”.

Outra dica do cirurgião é fazer de duas a três sessões de drenagem linfática pré-operatória. “Essas sessões têm a finalidade de identificar os edemas e hematomas, composto no sistema linfático, que são as glândulas. É quando você passa o dedo e sente que tem um nódulo no organismo. A drenagem ajuda tirar, além de identificar a presença de infecção e inflamação. Esse sistema reage ao que está acontecendo com o organismo”, explica o médico.

O procedimento ajuda, também, no pós-operatório, proporcionando uma recuperação mais rápida. Aliás, os cuidados necessários depois de uma cirurgia plástica não param por aí. O cirurgião indica uma aplicação de lazer de baixa potência para qualificação da cicatriz, E estimulação com micro corrente. “São procedimentos que ajudam a recuperar a célula que está edemaciada da região muscular, além de ajudar a diminuir O edema”, ressalta.

Além disso, alguns produtos específicos ajudam a reduzir a massa gordurosa. Se tomados todos esses cuidados, o cirurgião garante que num período de 10 a 15 dias, a pessoa que passou por um procedimento de cirurgia plástica, já pode retomar suas atividades normais. “Obviamente, atividades normais sem exageros, como uma caminhada leve. Pode, ainda, participar de reuniões e festas sociais, ficando limitados exercícios físicos mais pesados”, afirma.

Cabe lembrar, que para uma pessoa se submeter a uma cirurgia plástica, é preciso perder peso. Muitas pessoas cometem o equívoco de procurar o procedimento achando que ele emagrece. Ernesto deixa claro que a cirurgia plástica não é um método de emagrecimento, e sim, um método de remodelagem corporal.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.