SAMU

Governo Federal entrega ambulâncias para sete cidades do Maranhão

No Estado, São Luís, Imperatriz, Barra do Corda, Buriticupu, Colinas, Vila Nova dos Martírios e Grajaú foram as cidades que receberam os veículos.e
Imirante.com, com informações do Ministério da Saúde02/03/2018 às 14h37
Governo Federal entrega ambulâncias para sete cidades do MaranhãoServiço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192). ( Foto: Divulgação )

SÃO LUÍS – O Governo Federal entregou, nesta sexta-feira (2), ambulâncias para renovar a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) em todo o país. No Maranhão, as cidades que receberam os veículos foram: São Luís, Imperatriz, Barra do Corda, Buriticupu, Colinas, Vila Nova dos Martírios e Grajaú.

Já haviam sido entregues 562 ambulâncias no ano passado para reforçar o atendimento da população e a expectativa é chegar a 2.173 novas unidades até o fim do ano. Com isso, será possível renovar 65,7% de toda a frota. A doação dos veículos às prefeituras foi feita pelo presidente da República, Michel Temer, e ministro da Saúde, Ricardo Barros, em cerimônia em Sorocaba (SP).

Leia também:

Confira a apresentação feita pelo ministro no evento

Veja a lista dos municípios atendidos com ambulâncias

“Muitos prefeitos estavam há sete anos sem receber ambulâncias. Então, de certa forma, esses novos veículos farão uma revolução no serviço”, ressaltou o Presidente da República, Michel Temer.

“As ambulâncias são para renovação de frota, para substituir os veículos desgastados pelo tempo. Esse foi o nosso critério prioritário. Primeiro estamos substituindo as de 2011 e, até o final do ano, substituiremos todas até 2015, cumprindo o critério de uso de, no mínimo, três anos. Neste lote compramos 770 veículos e hoje estamos entregando as 300 que já estão prontas. É uma ação no nosso estilo de gestão, estando pronto, entregamos”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O ministro informou ainda que está em curso uma licitação para colocar equipamento de rastreamento em todas as ambulâncias. “É uma medida de gestão. Controlaremos o deslocamento de todas as ambulâncias para otimizar os recursos e organizar o serviço. Além, é claro, de evitar o uso indevido dos veículos. Racionalidade no gasto do dinheiro público, essa é a nossa bandeira”, enfatizou Ricardo Barros.

Desde o início desta gestão, o Ministério da Saúde vem investindo na aquisição de veículos para fortalecer o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de recursos para as ambulâncias, foi destinado mais R$ 1 bilhão para compra de 1.000 vans para transporte sanitário eletivo e 6.500 ambulâncias brancas - usadas no transporte de pacientes.

O objetivo é qualificar a assistência e garantir a locomoção de pacientes entre municípios e serviços de referência em outras cidades, facilitando o acesso a consultas, exames e internação para cirurgias eletivas. Desde 2004, não havia compra de veículos para transporte sanitário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.