"Salve Maria"

App é lançado em Imperatriz para combater violência doméstica

O aplicativo Salve Maria usa tecnologia de georreferenciamento para localizar a mulher e encaminhar imediatamente o apoio policial.
Divulgação / Assessoria08/03/2021 às 16h27
App é lançado em Imperatriz para combater violência domésticaO APP é gratuito e está disponível para todos os celulares Android. ( Foto: Reprodução)

IMPERATRIZ - Por meio de videoconferência foi realizado hoje (8), no Dia Internacional da Mulher, o lançamento do aplicativo “Salve Maria” em Imperatriz. A delegada Especial da Mulher de Imperatriz, Verônica Ferreira, conduziu a apresentação.

O evento contou com a participação de autoridades da área de segurança Pública do Maranhão e dos demais órgãos que trabalham na proteção e defesa dos direitos das Mulheres no estado, além da sociedade civil.

O Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, reconheceu a importância do aplicativo no combate à violência doméstica no Maranhão. “Esse aplicativo é mais uma arma para que o Estado por um lado consiga atender de forma mais efetiva essa mulher, que está em situação de vulnerabilidade, e por outro seja firme e rápido nas respostas a esses agressores, para que não saiam de forma alguma impune de seus crimes”, disse.

A delegada lembrou que “o aplicativo tem se mostrado extremamente efetivo na Grande São Luís, onde já funciona, e agora certamente será mais uma ação em favor da mulher, principalmente durante esses meses de confinamento, em que muitas se tornaram mais suscetíveis a serem vítimas de uma violência doméstica em Imperatriz, algo sentindo pelos órgãos que atuam junto a elas”.

“Salve Maria”

O aplicativo usa uma tecnologia de georreferenciamento para conseguir localizar a mulher e assim, encaminhar imediatamente o apoio policial. É gratuito e está disponível para todos os celulares Android. Para utilizá-lo, a mulher precisará realizar um cadastramento prévio, e após isso, já estará apta a usar os recursos do aplicativo como o botão de emergência, que, ao ser acionado, encaminha uma mensagem com localização para o CIOPS, que encaminhará imediatamente uma viatura policial ao local.
Além do aplicativo, a Delegacia da Mulher do município disponibilizou o número (99) 98448 – 2836 para que as mulheres realizem denúncias via Whatsapp ou peçam apoio aos órgãos de segurança diante uma possível violência doméstica.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.