Despedida

Emoção e saudade marcam Missa de Envio de Dom Gilberto Pastana

Dom Gilberto Pastana de Oliveira foi transferido para a Diocese de Crato (CE).
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz12/07/2016 às 20h09

IMPERATRIZ – A catedral de Nossa Senhora de Fátima ficou lotada de fieis, com faixas e cartazes, durante a celebração da Missa Especial de Envio de Dom Gilberto Pastana de Oliveira, no início da noite desta terça-feira(12).

Depois de dez anos como bispo de Imperatriz, Dom Pastana foi transferido para a Diocese de Crato (CE), onde vai assumir a função de bispo Coadjutor.

Desde que a transferência foi anunciada, o religioso vem recebendo um rosário de homenagens de vários segmentos da sociedade imperatrizense.

A primeira delas foi na Câmara, onde os vereadores concederam uma Moção de Aplausos, mas a despedida oficial foi durante a programação da Noite Católica da 48ª Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp) quando integrantes de pastorais e movimentos diocesanos organizaram uma celebração especial.

Dentre os ritos adotados pela Igreja Católica está a Missa de Envio, nesse caso o último momento do religioso na diocese, e antecede o embarque dele para a diocese cearense.

Integrantes de pastorais e movimentos da diocese e simpatizantes do religioso vão formar uma comitiva que seguirá até Crato, onde fará a “entrega” de Dom Gilberto Pastana. Eles vinham se articulando desde o mês de maio.

Uma comitiva da cidade Santarém (PA) fez a “entrega” de Dom Gilberto Pastana, durante a posse dele como bispo de Imperatriz, de onde já declarou que aprendeu a ser bispo com os fiéis imperatrizenses.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.