Sindrome de Down

Síndrome de Down: “o foco é a inclusão na sociedade”, diz Saide

O médico neuropediatra Saide Vilas Novas, explica sobre a síndrome.
Imirante Imperatriz22/03/2016 às 15h01

IMPERATRIZ – O dia 21 de março foi o Dia Internacional da Síndrome de Down. O Down é um transtorno genético que ocorre quando uma divisão celular irregular resulta em material genético no cromossomo 21.

O médico neuropediatra Saide Vilas Novas, explica, que a síndrome é a alteração genética mais comum na espécie humana, uma pessoa comum tem 46 cromossomos, já um com Down, tem 47.

“Essa alteração genética cursa com várias características importantes e isso leva uma criança com síndrome de Down a ser submetida por uma avaliação e acompanhamento especializado”, destaca Saide.

A síndrome de Down causa uma aparência facial específica, deficiência mental, retardos no desenvolvimento e pode estar ligada a doenças da tireoide e do coração. Sobre isso, o neuropediatra Saide Vilas Novas, ressaltou, não existir cura sobre para a síndrome, mas os procedimentos utilizados as tentativas de inclusão das pessoas na sociedade.

“O foco e a inclusão dessas pessoas, com escolarização, profissionalização e mercado de trabalho. Além da diminuição do preconceito, e não permitir que crianças com a síndrome, não sejam alfabetizada”, explica Saide Vilas Novas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.