Justiça

“Segredo é dedicação e disciplina”, diz juiz ao atingir meta do CNJ

O magistrado publicou em uma rede social uma certidão de produtividade.
Imirante Imperatriz28/09/2015 às 20h10

IMPERATRIZ – Na comarca de Imperatriz existem 18 juízes e cada um deles tem, em média, 1.500 processos, o que vai resultar em quase 30 mil ações a espera de decisão final.

Segundo o juiz Delvan Tavares, diretor do Fórum de Justiça Henrique de La Rocque, essa situação é comum em todo o país, em razão da cultura da litigância, em que muita gente procura o juiz para resolver seus problemas.

Para estimular ainda mais o julgamento de processos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estipula metas aos juízes, como ocorreu com o juiz Adolfo Pires da Fonseca Neto, atualmente respondendo pela Vara da Família.

O magistrado publicou em uma rede social uma certidão de produtividade que vem chamando a atenção dos internautas pelo bom desempenho.

“Todos os meus processos de 2014 já foram julgados e dos 966 que foram distribuídos no ano de 2015 eu já julguei 960. Então, isso é uma meta boa para a gente julgar todos os processos e seis ou sete que ficaram pendentes até o fim do ano estarão julgados. Agora o que é bom dizer é que continua entrando processo”, ressalta Adolfo Pires Neto.

O juiz destaca que vem se esforçando para garantir aos jurisdicionados que os processos sejam julgados em um prazo razoável de 60 a 90 dias.

“O segredo é dedicação, disciplina, montar uma equipe e delegar poderes para algumas pessoas. Tenho assessoria boa, que trabalha comigo há dez anos”, explica o titular da 2ª Vara da Família.

“Mas todos os colegas fazem isso aí, mas a 2ª Vara da Família tem dedicado dessa forma de prestar esse atendimento ao jurisdicionado de forma que ele fique satisfeito”, observou acrescentando que também é levado em conta a coordenação e logística adotados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.