Açailândia

Audiência discute reassentamento de Piquiá de Baixo

A audiência pública ocorre em Açailândia em amanhã (21) e em São Luís na quarta-feira (22).
Alan Milhomem / Imirante Imperatriz*20/05/2013 às 11h21

IMPERATRIZ – Com o objetivo apresentar e entregar o projeto urbanístico e habitacional do novo bairro para os moradores de Piquiá de Baixo em Açailândia, distante 70km de Imperatriz, foi convocada uma audiência pelo Ministério Público. A reunião foi marcada para às 9h de amanhã (21), na Câmara Municipal de Açailândia pelo promotor de justiça, Leonardo Rodrigues Tupinambá.

Os representantes dos moradores vão apresentar oficialmente o projeto que foi elaborado com a assessoria técnica do Centro de Trabalhos para o Ambiente Habitado (Usina CTAH) em conformidade com as necessidades das famílias que compõem o bairro. A entrega do projeto representa um avanço na luta por uma moradia digna às famílias de Piquiá de Baixo, que há décadas vivem ao lado de cinco siderúrgicas e sofrem com a poluição.

O reassentamento da comunidade para um outro local e o projeto do novo bairro são resultados de um trabalho conjunto da Associação Comunitária dos Moradores com a igreja, Rede Justiça nos Trilhos e Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos (CDVDH), mas é apenas a base do processo de reassentamento.

“Essa é apenas uma das etapas do reassentamento. Muitas outras, ainda, têm que ser efetivadas para tornar o reassentamento possível e retirar as famílias dessa condição indigna. Por exemplo, é necessário que a em presa Vale também assuma a sua responsabilidade pela situação e repare esse dano contribuindo com recursos para a construção das casas”, afirma a membro da Rede Justiça nos Trilhos, Sislene Costa.

Foram convidados para participar da audiência a prefeita, Gleide Santos, o procurador do município, Idelmar Mendes, o secretário executivo do Sindicato das Indústrias de Ferro Gusa do Estado do Maranhão (Sifema), Marcos Souza, o defensor público, Igor Arruda e o secretário estadual de agricultura e presidente do Sebrae, Cláudio Azevedo, dentre outras autoridades.

Posterior a audiência em Açailândia, haverá, também, um reunião em São Luís no auditório da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Maranhão. A audiência ocorre na quarta-feira (22), às 14h30. Após a aprovação, começa o trabalho de procura das linhas de financiamento para a construção do bairro.

*Com informações da assessoria.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.