Em Grajaú

Índios são presos suspeitos de assassinar dono de bar a facadas

Outro indígena também foi atingido com uma facada no peito, mas não corre risco de morte.
Imirante Imperatriz09/02/2021 às 16h14
Os crimes aconteceram na tarde dessa segunda-feira (8). (Foto: Arte / Imirante.com)

GRAJAÚ - A Polícia Civil de Grajaú prendeu nesta terça-feira (9) dois índios em flagrante, por suspeita de homicídio e tentativa de homicídio. Os crimes aconteceram na tarde de ontem (8). Uma das vítimas, Carlos Márcio Moura, foi assassinado com golpes de faca e com um pedaço de madeira pontiagudo. A outra vítima, que também é indígena, levou um golpe de faca no peito, mas foi atendida e conseguiu prestar depoimento à polícia, o que ajudou na identificação dos suspeitos.

Leia também:

Índio morre atropelado e polícia suspeita de reação a assalto

Preso suspeito de matar criança indígena asfixiada

Asfixia mecânica é apontada como causa da morte de criança indígena

Armas usadas no crime. (Foto: Divulgação)

“Os quatro indígenas estavam bebendo em um bar quando eles começaram uma discussão e um deles foi atingido. O proprietário do bar, o Carlos, que também trabalha como segurança, tentou intervir na briga em defesa do índio atingido. Ele pegou um facão, houve luta corporal, mas os índios o assassinaram com golpes de faca e de madeira” relatou o delegado Alexandre Portela.

Carlos Moura, dono de bar assassinado durante discussão com indígenas

Os investigadores fizeram buscas nas aldeias próximas a Grajaú e prenderam os dois indígenas. Foi encontrada com os suspeitos a faca que teria sido utilizada no assassinato e, segundo o delegado, eles confessaram a autoria dos crimes. Os índios estão à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.