Hermanas

Dupla argentina comenta desempenho do Sampaio Basquete na LBF

Em entrevista exclusiva ao Imirante Esporte, Agustina Leiva e Julieta Ale projetam partida contra o Sorocaba.
Priscille Damous / Imirante Esporte02/04/2019 às 22h33
Agustina Leiva e Julieta Ale entraram em quadra como titulares diante do LSB (RJ), no último domingo (31), em São Luís. (Foto: Priscille Damous / Imirante Esporte)

SÃO LUÍS - Recém-contratadas pelo Sampaio Basquete para a temporada 2019 da Liga de Basquete Feminino (LBF), a dupla argentina Agustina Leiva e Julieta Ale demonstram constante evolução dentro de quadra. Parceiras de Seleção, as atletas destacam o desempenho da Bolívia Querida na competição, que já soma quatro vitórias consecutivas e se mantém na liderança ao lado do atual campeão Vera Cruz Campinas, que também não foi derrotado na LBF, porém, possui um jogo a menos que a equipe maranhense.

Leia também: Liga O Estado: golaço de Cleitinho, Estadual e Sampaio Basquete

Cristian Santander destaca vitória do Sampaio Basquete, mas ressalta: "temos que melhorar"

Sampaio Basquete vence LSB e continua invicto na temporada

Agustina Leiva destacou que ainda existem erros que precisam ser melhorados durante a temporada. No jogo contra o LSB (RJ), no último domingo (31), um dos fatores que chamou a atenção foi a desacelerada nos contra-ataques, em relação aos últimos jogos.

"Tentamos correr para fazer um bom contra-ataque e ter a oportunidade de somar mais pontos na partida. Precisamos seguir melhorando, a cada dia, o entrosamento e corrigir os erros", destacou a pivô.

Mayra Agustina Leiva Roux, pivô do Sampaio Basquete (Foto: Priscille Damous / Imirante Esporte)

Outro fator abordado pela atleta é a presença da torcida, que está cada vez mais presente nos jogos e transforma o Ginásio Costa Rodrigues em um verdadeiro caldeirão:"Para nós, a torcida é um apoio muito grande", informou a atleta, em entrevista exclusiva ao Imirante Esporte.

Já para a armadora Julieta Ale, cada jogo é um grande desafio, independente do desempenho do adversário na competição. Vale ressaltar que, em contraste da performance do Sampaio, o Pró-Esporte Sorocaba enfrenta o pior desempenho da competição, com quatro derrotas somadas.

"Nenhum jogo é fácil, jogar contra o Sorocaba vai ser uma partida difícil. Temos que treinar, nos preparar, e manter a nossa confiança", afirmou a argentina ao Imirante Esporte.

Julieta Belen Ale, armadora do Sampaio Basquete. (Foto: Priscille Damous / Imirante Esporte)

Ale também ressaltou a lentidão do Sampaio Basquete do último jogo contra LSB (RJ), em contrapartida aos jogos anteriores. Apesar da vitória com 20 pontos de diferença, um dos pontos mais fortes da Bolívia Querida, que é o contra-ataque, parecia estar escasso diante o time carioca.

"No jogo de hoje, não contra atacamos muito, acredito que para o próximo jogo temos que melhorar isso e tentar correr mais. Temos uma equipe com potencial, precisamos aproveitar isso, treinar bastante e estarmos preparadas", garantiu a armadora.

Na manhã desta terça-feira (2), as atletas tiveram preparamento físico na academia e durante à tarde, treinaram no Ginásio Costa Rodrigues. Amanhã (3), elas seguem rumo à cidade de Sorocaba (SP), onde enfrentarão o Pró-Esporte, nesta quinta-feira (4) às 19h, no Ginásio Dr. Gualberto Moreira.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.