(Divulgação)
COLUNA
Coluna Via Digital
Coluna Via Digital por Lucia Camargo Nunes, economista e jornalista especializada no setor automotivo.
Coluna Via Digital

Stellantis adquire DPaschoal e avança no segmento do aftermarket

Com a compra de 70% da empresa de serviços, grupo que detém as marcas Fiat e Jeep passa a ser líder na distribuição de peças de reposição no Brasil.

Por Lucia Camargo Nunes*

Atualizada em 29/01/2024 às 13h43
Stellantis e DPaschoal.
Stellantis e DPaschoal. (Foto: Stellantis)

O grupo Stellantis anunciou a compra de 70% da DPaschoal, empresa de serviços e peças de reposição. A confirmação foi divulgada após aprovação do Cade.

O valor da negociação não foi divulgado. A DPaschoal possui 120 lojas próprias em 14 estados, com 28 centros de distribuição de pneus e 9 marcas. A Stellantis passa a ser a líder na distribuição de peças no Brasil.

A rede DPaschoal, por sua vez, deve expandir para regiões fora do eixo sul e sudeste.

Paulo Solti, vice-presidente de peças e serviços da Stellantis, afirmou que a idade média dos veículos que utilizam os serviços da DPaschoal é de 6 anos, no segundo ou terceiro dono.

De acordo com o grupo Stellantis, a compra representa um complemento aos seus negócios: a DPaschoal será canal do grupo no aftermarket. Já a Mopar continua fornecendo peças originais aos concessionários das marcas.

Luís Norberto Pascoal, com ampla expertise neste mercado, manterá os 30% restantes das ações da companhia e seguirá como vice-presidente do conselho de administração.

Efeitos especiais destacam cores neutras, segundo relatório de tendências

As cores acromáticas (branca, preta, prata e cinza) dominam o mercado automotivo sul-americano, mas o mais recente Relatório de Cores da Basf indica novas tendências para esses tons neutros.

O branco mantém a preferência dos consumidores nos veículos leves, mas essa cor teve sua participação reduzida por conta do aumento da popularidade do preto.

A América do Sul é uma região historicamente muito conservadora em relação às cores: em 2023, 86% dos veículos novos saíram de fábrica nas cores branca, preta, prateada ou cinza.

De acordo com a Basf, cada vez mais as montadoras optam por pigmentos de efeito para fazer com que as cores acromáticas se destaquem.

“Seja uma pérola, um floco de metal ou outro pigmento, os efeitos fazem com que a cor salte do veículo para os olhos de quem vê. Isso dá um toque especial que está se tornando cada vez mais popular”, afirma Marcos Fernandes, diretor de Tintas Automotivas na América do Sul.

Chevrolet antecipa visual do novo Spin

Modelos de sete lugares no Brasil são poucos e caros. A exceção é o Chevrolet Spin, monovolume com opção de 2 e 3 fileiras de bancos que estreia em breve sua próxima geração.

A General Motors divulgou as primeiras informações oficiais da novidade, que chega em março. Com visual bem mais moderno, o Spin recebeu nova frente com faróis Full LED e um capô mais elevado, tendência entre os SUVs.

O modelo também está ligeiramente mais alto, devido a ajustes na suspensão. A montadora não divulgou detalhes técnicos, mas é provável que o atual motor 1.8 seja mantido, com opções de câmbio manual e automático.

Central multimídia mais moderna integrada ao quadro de instrumentos digital, OnStar com wi-fi nativo, atualização remota de sistemas eletrônicos do veículo e aplicativo myChevrolet com funcionalidades extras completam o pacote de conectividade.

O Chevrolet Spin chega pela mesma ocasião de outro esperado modelo de 7 lugares, o Citroën C3 Aircross, por enquanto disponível apenas na versão de 5 lugares.

Honda introduz versões de entrada à linha City

A linha 2024 do Honda City começa o ano com algumas novidades. Os modelos Hatchback ganharam duas novas versões, LX (R$ 113.600) e EX (R$ 120.100), mais acessíveis, que se juntam à EXL (R$ 129.100) e Touring (R$ 138 mil).

Já o sedã passa a contar com a configuração de entrada LX, por R$ 115.300. A partir desta tem a EX (R$ 121.700), EXL (R$ 131.200) e Touring (R$ 140.500).

Hatch e sedã agora trazem de série, em qualquer versão, chave presencial. Além disso, vêm equipados com multimídia com tela de 8" e espelhamento sem cabo, assistente de partida em rampa e seis airbags.

Todos os modelos trazem o mesmo conjunto mecânico: motor 1.5 aspirado de até 126 cv e câmbio CVT que simula 7 marchas.

*Lucia Camargo Nunes é economista e jornalista especializada no setor automotivo, editora do portal www.viadigital.com.br e do canal @viadigitalmotors no YouTube. Acesse: linktr.ee/viadigitalmotors E-mail: lucia@viadigital.com.br

Stellantis adquire DPaschoal e avança no segmento do aftermarket

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.