Detido

Daniel Alves é detido em Barcelona por suspeita de agressão sexual

O jogador "está detido" e sendo transferido para os tribunais para que seja feito um depoimento sobre o caso.

Gazetapress

- Atualizada em 20/01/2023 às 08h48
Daniel Alves respondeu a uma intimação da polícia e se dirigiu à delegacia de Les Corts
Daniel Alves respondeu a uma intimação da polícia e se dirigiu à delegacia de Les Corts (Lucas Figueiredo/CBF)

SÃO PAULO - Daniel Alves, de 39 anos, foi preso na Espanha, nesta sexta-feira (20), depois de se apresentar voluntariamente a uma delegacia de polícia para responder por uma suposta agressão sexual.

O jogador "está detido" e sendo transferido para os tribunais para que seja feito um depoimento sobre o caso. O episódio aconteceu contra uma mulher em uma boate de Barcelona no final de dezembro, no dia 30.

Em 2 de janeiro, a polícia catalã recebeu a denúncia da vítima, que disse ter sofrido toques indesejados do jogador, explicaram fontes policiais à AFP.

Daniel Alves respondeu a uma intimação da polícia e se dirigiu à delegacia de Les Corts, situada perto do estádio do Barcelona, Camp Nou. Na sequência, o atleta foi detido.

O jogador estava de férias na cidade antes de voltar para o Pumas, do México, após disputar a Copa do Mundo no Catar com a Seleção Brasileira, derrotada nas quartas de final.

Em uma mensagem transmitida ao canal Antena 3, em 5 de Janeiro, Daniel Alves negou os fatos.

"Não a conheço, nunca a vi. Gostaria de negar tudo”, disse ele sobre a denunciante acrescentando que esteve na boate “se divertindo”, mas “sem invadir o espaço dos outros”.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.