Série D

Moto diminui prejuízo e volta 'vivo' na briga por vaga nas quartas de final

Papão vê América (RN) abrir 2 a 0, em Natal, mas diminui com Lucas Hulk e vai decidir em São Luís; embate da volta será no próximo sábado (13).

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 07/08/2022 às 19h54
América (RN) e Moto Club duelaram na Arena das Dunas
América (RN) e Moto Club duelaram na Arena das Dunas (Canindé Pereira / América (RN))

SÃO LUÍS – Poderia ter sido pior. É com esse sentimento que o Moto Club sai da Arena das Dunas, neste domingo (7), após derrota por 2 a 1 na partida de ida das oitavas de final da Série D. Depois de ver o América (RN) abrir 2 a 0, o Papão, que não fez um bom jogo, conseguiu um gol salvador com Lucas Hulk e deixou a briga pela vaga totalmente em aberto. Agora o Rubro-Negro recebe a equipe do Rio Grande do Norte, no próximo sábado (13), às 19h, no Castelão, precisando vencer por dois gols de diferença para avançar direto para as quartas de final. 

VEJA MAIS 

Wallace Lima destaca qualidade do Moto e diz: "Não é impossível"

Ouça como foi o jogo entre América (RN) e Moto pelas oitavas de final

Mecão na frente com golaço

Os 10 primeiros minutos na Arena das Dunas foram marcados por muitas jogadas no meio de campo e poucas investidas ofensivas com sucesso. Aos 18 minutos, o América chegou pela primeira vez com Felipinho, que recebeu passe de Wallace e finalizou, mas acertou a marcação. No minuto seguinte, Wallace escorou bem um cruzamento, com uma boa cabeçada, mas Rodrigo Carvalho defendeu e salvou o Moto Club. 

A resposta do Moto veio logo na seguida. Aos 20, Eliomar acertou um bom chute, que passou raspando a trave do goleiro Bruno Pianissolla. Aos 27 Felipinho desperdiçou uma boa chance. Ele recebeu de Wallace e bateu errado, na rede pela rede do lado de fora. 

Aos 34, o América abriu o placar. Em um rebote depois de um escanteio, o meia Téssio soltou uma bomba de fora e marcou um golaço na Arena das Dunas: 1 a 0 para o Mecão. Daí antes do apito do fim do primeiro tempo nada mais relevante aconteceu. 

Hulk evita o pior e Moto “respira” 

Logo com dois minutos da etapa final Felipinho entrou rabiscando na área e sofreu pênalti. Wallace bateu e ampliou para o time do Rio Grande do Norte: 2 a 0 na Arena das Dunas.

Depois de levar mais um gol, Moto conseguiu acalmar os nervos e foi deixando novamente o jogo mais parelho. Aos 21, Felipinho voltou a assustar, após pegar rebote e mandar um bom chute, defendido por Rodrigo Carvalho. 

Porém, aos 28 veio o primeiro gol do Moto Club. Hulk recebeu na esquerda, decidiu pela jogada individual, acertou um belo chute e diminuiu: 2 a 1. 

Aos 39, o América assustou com Lúcio Maranhão, que recebeu cruzamento de William Marcílio e cabeceou com muito perigo.  Já nos acréscimos, Cleitinho bateu uma falta perigos e Bruno tirou para evitar o empate rubro-negro. Na sequência, o árbitro Felipe da Silva decretou o fim da primeira partida deste mata-mata de oitava de final.

FICHA TÉCNICA 

AMÉRICA (RN) 2 X 1 MOTO CLUB

Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)

Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (RJ)

Assistentes: Daniel do Espirito Santo Parro e Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ)

América (RN) 

Bruno Pianissolla, Everton, Jean Pierre, Edson Silva e Rômulo; Felipinho (Juninho), Allef, Araújo (Téssio) e Elvinho; Iago (Lúcio Maranhão) e Wallace Pernambucano (William Marcílio)

Técnico - Leandro Sena

Moto Club 

Rodrigo Carvalho; Douglas, Luís Eduardo (Anderson Cearense), Rodrigo Milanez e Carioca; Jair, Naílson, Eliomar (Wallace Lima) e Ronald (Cleitinho); Mário Sérgio e Emerson Nike (Vander)

Técnico - Júlio César Nunes

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.